Cofundador do Twitter deixa conselho da empresa

O cofundador Evan Williams decidiu deixar o conselho diretor da companhia no fim de fevereiro

TwitterTwitter - Foto: Reprodução

O Twitter anunciou nesta sexta-feira (22) que o cofundador Evan Williams decidiu deixar o conselho diretor da companhia no fim de fevereiro. De acordo com documento enviado à Securities and Exchange Commission (SEC ), agência federal que regulamenta os mercados de valores mobiliários dos Estados Unidos, Williams disse que foram "13 anos incríveis" e que está "orgulhoso do que o Twitter conquistou em seu tempo de empresa".

Leia também:
Lucro do Twitter cresce 250%, mas rede perde usuário
Twitter avalia liberar edição de mensagens a usuário
Depois de bloquear ONGs no Twitter, ministro diz que só quer receber ‘ambientalistas sérios’


Ele afirmou que continuará a torcer pela equipe enquanto foca em outros projetos.
Williams fundou o Twitter em 2007 com Jack Dorsey e Biz Stone. Foi presidente-executivo de 2008 a 2010. Também é fundador do Medium, plataforma de publicação de textos, e do Blogger.

Em seu perfil no microblog, Williams não explicou o motivo da saída, mas disse que focará em outros projetos. "Agradeço aos quase 4 mil empregados do Twitter que fazem um trabalho duro todos os dias", escreveu.

Veja também

Venda de livros pela internet cresce 44% em 2020
Economia

Venda de livros pela internet cresce 44% em 2020

Zara fechará lojas menores no Brasil e focará em vendas online
Economia

Zara fechará lojas menores no Brasil e focará em vendas online