Cotação do Dólar

Com terceira queda seguida, dólar fecha o dia cotado a R$ 4,80

Ibovespa teve o melhor resultado em quase um mês

O dólar fechou o dia cotado a R$ 4,8075, com queda de 1,31%, abaixo da média móvel linear dos últimos 50 diasO dólar fechou o dia cotado a R$ 4,8075, com queda de 1,31%, abaixo da média móvel linear dos últimos 50 dias - Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Após ter fechado o pregão da última sexta-feira (20) com queda de 0,98%, o dólar continuou a recuar frente ao real, nesta segunda (23), e fechou o dia cotado a R$ 4,8075 - queda de 1,31% e bem abaixo da média móvel linear dos últimos 50 dias.

No acumulado do mês de maio, a moeda norte-americana já recuou 2,79%. Com o desempenho, o dólar acumula queda de 13,7% em 2022. Depois de disparar no primeiro trimestre, o real perdeu fôlego a partir de abril, e se mantinha abaixo das máximas do ano, oscilando praticamente em sincronia com a performance do dólar no mercado internacional.

Na bolsa de valores, o Ibovespa fechou o dia no maior patamar em quase um mês,diante de ganhos em Nova York e impulso de ações de commodities locais.

Grandes bancos e a Petrobras foram as empresas que impulsionaram a alta. Segundo a agência de notícias internacionais Reuters, o Ibovespa subiu 1,93%, a 110.582,52 pontos, terceira alta seguida e maior fechamento desde 25 de abril. O volume financeiro foi de 23,3 bilhões de reais.

Veja também

Companhias aéreas ainda correm para retomar operações, um dia após apagão tecnológico global
APAGÃO GLOBAL

Companhias aéreas ainda correm para retomar operações, um dia após apagão tecnológico global

Apagão cibernético: "Não há como evitar que pane volte a acontecer", diz comitê gestor da internet
Tecnologia

Apagão cibernético: "Não há como evitar que pane volte a acontecer", diz comitê gestor da internet

Newsletter