Economia

Combate à seca terá reforço de R$ 755 milhões

Do montante dos investimentos, R$ 250 milhões têm como origem parte da arrecadação do Governo Federal com o programa de repatriação

Hely Ferreira, professor e cientista políticoHely Ferreira, professor e cientista político - Foto: Kleyvson Santos / Folha de Pernambuco

Michel Temer faz novo aceno ao Nordeste em sua segunda passagem como presidente da República. Nesta terça-feira (27), ele anunciará, em Maceió, o repasse de R$ 755 milhões para 15 Estados atingidos pela estiagem. Entre os beneficiados estão Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Sergipe.

Durante o dia de segunda-feira (26), de acordo com informações dos familiares, Temer passou parte da tarde, no Palácio do Planalto, em contato com os ministros que também deverão participar do evento, na tentativa de afinar os últimos detalhes. A previsão é de que a cerimônia conte com a participação do presidente do Senado, Renan Calheiros, dos governadores dos estados beneficiados, e dos ministros de Desenvolvimento Social, Osmar Terra, e da Integração Nacional, Hélder Barbalho. O governador Paulo Câmara não irá ao encontro.

Do montante dos investimentos, R$ 250 milhões têm como origem parte da arrecadação do Governo Federal com o programa de repatriação de recursos do exterior. Outros R$ 255 milhões são de contratos e convênios que serão prorrogados e o restante (R$ 250 milhões) está previsto na Lei Orçamentária Anual de 2017. A previsão é de que sejam construídas 130 mil cisternas, microaçudes e programas de acesso à água.

Em relação às cisternas, a ideia é de também estendê-las para cerca de 7 mil escolas, que ainda não contam com o reservatório de água. A última vez em que Michel Temer esteve na Região foi no último dia 9, quando desembarcou em Pernambuco e no Ceará, onde participou de eventos ligados à transposição do Rio São Francisco e à renegociação de dividas rurais.

Veja também

Brasileiros entram na rota de cruzeiros de alto luxo, com diárias de R$ 5 mil
LUXO

Brasileiros entram na rota de cruzeiros de alto luxo, com diárias de R$ 5 mil

Enauta e 3R fazem fusão de R$ 6 bi que cria segunda maior petrolífera do País, atrás só da Petrobras
NEGÓCIOS

Enauta e 3R fazem fusão de R$ 6 bi que cria segunda maior petrolífera do País, atrás só da Petrobras

Newsletter