Compass 2019: pronto para tudo

Modelo do Jeep, um dos SUVs mais vendidos, conta com versões Sport, Limited, Longitude e Trailhawk

Jeep Compass Jeep Compass  - Foto: Divulgação/Jeep

Pronto para pegar qualquer tipo de terreno, o Jeep Compass quer continuar sendo um dos veículos mais vendidos no mercado de SUVs no Brasil. Afinal, ele é equipado até com sistema de partida remota do motor pela chave (Park Assist) de série em algumas versões. Lançado em 2016, o visual moderno e o interior bem acabado são características do Compass que agradam aos consumidores.

Na linha 2019, o modelo conta com as versões de acabamento Sport, Limited, Longitude e Trailhawk, podendo apresentar: motores 2.0 litros flex, câmbio automático de seis marchas e tração 4x2, ou então, 2.0 litros turbodiesel, transmissão automática de nove velocidades e tração 4x4. Ao misturar sofisticação e aventura, ele consegue economizar combustível quando é testado em asfalto, com tração 4x2.

Durante oito dias testamos a versão Trailhawk 2.0 turbodiesel, capaz de selecionar o terreno e dar resposta na lama, em locais acidentados e até na neve – nesta versão, e só nela, apresenta o modo pedras. Para assegurar que ele está apto em terrenos íngremes, o ângulo de ataque é de 29,1º e o ângulo de saída é de 33,1º. A suspensão é mais elevada, sendo uma altura maior em relação ao solo comparado às outras versões: 228,6 milímetros. Sendo comercializado a partir de R$ 176 mil (valor no site da Jeep), ele recebe justamente o selo “Trail Rated” da Jeep, apto para encarar terrenos fora da estrada.

Leia também:
FCA anuncia fábrica de motores em Betim (MG)
Fiat investe em teste de segurança  

A média do consumo do combustível no ciclo urbano é de 9,8 km/l e no ciclo de estrada é de 11,4 km/l. Possui 170 cavalos de potência e 35,7 kgfm de torque a 1.750 rpm. Mesmo com o motor potente, o carro apresenta um bom isolamento acústico, pois pouco se ouve o barulho do motor a diesel.

No pacote tecnológico, o Trailhawk 2.0 turbodiesel oferece a central multimídia Uconnect com tela sensível ao toque, de 8,4 polegadas, com Android Auto e Apple CarPlay. De forma opcional, o consumidor pode optar pelo Controle de Cruzeiro Adaptativo (onde escolhe uma velocidade constante e a distância do veículo da frente), o Sistema de Aviso de Colisão Frontal de Emergência (detecta a aproximação de veículos ou objetos), Sistema de Monitoramento de Mudança de Faixa (detecta a movimentação em faixas laterais) e Sistema de Farol Alto Automático (detecta a iluminação ambiente).

As rodas de 17 polegadas dão requinte ao design do Trailhawk. Tem opções de cores perolizadas, sólidas e metálicas. Para segurança, são sete airbags, sendo dois frontais, dois laterais, dois de cortina que vão até o assento traseiro, e um de joelhos do motorista. É equipado com Sistema Eletrônico Anticapotamento, que utiliza sensores para observar e reduzir o potencial de elevação das rodas durante manobras severas.

Veja também

Desemprego: o fantasma volta a assombrar
NEM 8, NEM 80

Desemprego: o fantasma volta a assombrar

Taxa de desemprego chega a 17,1% em Pernambuco
Pnad Covid

Taxa de desemprego chega a 17,1% em Pernambuco