Confiança de serviços sobe 2,2 pontos em julho

É a segunda alta consecutiva do índice medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Setor de serviçosSetor de serviços - Foto: Elza Fiúza/Arquivo/Agência Brasil

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) avançou 2,2 pontos em julho. É a segunda alta consecutiva do índice medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), depois de quatro quedas seguidas registradas no início deste ano.

A alta, segundo a FGV, “sugere que os empresários estão percebendo uma reação no ritmo de atividade do setor e se tornando mais otimistas para o segundo semestre”.

O resultado positivo do índice em julho impactou 9 das 13 atividades pesquisadas. Os dois componentes do ICS tiveram variações positivas: Índice de Situação Atual (ISA-S) avançou 1,9 ponto, para 89,4 pontos, enquanto que o Índice de Expectativas subiu 2,6 pontos, para 97,6 pontos.

Leia também:
Mercado espera redução de 0,25 ponto percentual na taxa de juros
Taxa básica de juros será definida nesta semana
Orçamento de investimento das estatais sobe para R$ 12,5 bilhões


Apesar do resultado positivo, o relatório da FGV alerta para fatores considerados limitativos que podem inibir o ICS no segundo semestre do ano. Um deles é a demanda insuficiente, que voltou a subir este mês, alcançando 34,4%. É o maior percentual desde agosto de 2018, quando chegou ao patamar de 35%.

A demanda insuficiente vinha caindo desde no segundo semestre de 2018, mas reverteu a tendência em maio deste ano.

Veja também

Refugiados venezuelanos podem contribuir para desenvolvimento do país
Refugiados

Refugiados venezuelanos podem contribuir para desenvolvimento do país

Shopping centers lançam plataformas de venda online
Comércio

Shopping centers lançam plataformas de venda online