A-A+

Confiança do Consumidor recua 1,2 ponto em janeiro

Índice atingiu 90,4 pontos em escala de zero a 200

O Índice de Confiança do Consumidor recuou 1,2 ponto de dezembro de 2019 para janeiro deste anoO Índice de Confiança do Consumidor recuou 1,2 ponto de dezembro de 2019 para janeiro deste ano - Foto: Marcelo Casal/Agência Brasil

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 1,2 ponto de dezembro de 2019 para janeiro deste ano e atingiu 90,4 pontos, em uma escala de zero a 200. A queda veio depois da alta de 2 pontos na passagem de novembro para dezembro.

O resultado de janeiro foi puxado principalmente pelo Índice de Expectativas, que mede a confiança do consumidor em relação aos próximos meses e que recuou 1,4 ponto. Com isso, o subíndice atingiu 98,9 pontos.

Leia também:
Inflação dos aluguéis acumula taxa de 7,91% em 12 meses, diz FGV
Confiança do Consumidor fecha 2019 com queda de 1,4 ponto, diz FGV
Inflação para famílias de renda mais baixa fecha ano em 4,60%, diz FGV


O Índice da Situação Atual, subíndice que mede a confiança dos consumidores no momento presente, caiu 0,9 ponto e chegou a 78,7.

Os componentes que mais influenciaram a queda do ICC foram a intenção de compras de bens duráveis nos próximos meses (menos 5,4 pontos) e a percepção dos consumidores sobre a situação financeira da família no momento (menos 3,2 pontos).

Veja também

Meirelles diz que gestão de Guedes não está funcionando
HENRIQUE MEIRELLES

Meirelles diz que gestão de Guedes não está funcionando

Cade decide analisar recurso sobre monopólio e trava compra de ações da BRF pela Marfrig
mercado

Cade decide analisar recurso sobre monopólio e trava compra de ações da BRF pela Marfrig