dinheiro

Contas públicas devem fechar o ano com déficit de R$ 787,45 bilhões

Projeção anterior era de R$ 540,53 bilhões

DinheiroDinheiro - Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Com a recessão econômica provocada pela pandemia de Covid-19, o governo elevou mais uma vez a previsão para o déficit nas contas públicas. Segundo projeção do Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas, divulgado nesta quarta-feira (22), pelo Ministério da Economia, o déficit primário deve chegar a R$ 787,45 bilhões.

O déficit primário representa o resultado negativo nas contas do governo, desconsiderando os juros da dívida pública. No relatório anterior, divulgado em maio, o ministério previa que o déficit nas contas públicas ficaria em R$ 540,53 bilhões.

O ministério fez as projeções com base em uma previsão de queda do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, em 4,7%.

Veja também

Febraban prevê que carteira de crédito deve subir 11,6% em agosto
economia

Febraban prevê que carteira de crédito deve subir 11,6% em agosto

Pedidos de recuperação judicial caem 7% em agosto, diz Serasa Experian
serasa

Pedidos de recuperação judicial caem 7% em agosto, diz Serasa Experian