A-A+

Coronavírus pode causar perdas de US$ 27,8 bilhões a companhias aéreas

A queda líquida no número de passageiros em comparação a 2019 pode ser de 8,2% em 2020 na região Ásia-Pacífico

CoronavírusCoronavírus - Foto: CHARLY TRIBALLEAU / AFP

A atual epidemia relacionada ao novo coronavírus pode causar perdas no valor de 27,8 bilhões de dólares para as companhias aéreas em todo o mundo e, desse valor, quase metade seria afetada pelo mercado interno chinês, estimou nesta quinta-feira a Associação Internacional do Transporte Aéreo (IATA).

A queda líquida no número de passageiros em comparação a 2019 pode ser de 8,2% em 2020 na região Ásia-Pacífico, estima a associação.

Pela primeira vez desde 2003, quando eclodiu a crise da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), as reservas aéreas poderiam sofrer um revés em todo o mundo, segundo a IATA.

Leia também:
Anvisa descarta coronavírus em navio chinês atracado em Santos
Grupo em quarentena tem exames negativos para novo coronavírus

“Nesse cenário, isso resultaria em uma perda de receita de 27,8 bilhões de dólares em 2020 para as operadoras da região”, afirmou o comunicado.

Somente na China, as perdas podem chegar a 12,8 bilhões de dólares.

Veja também

Amazon lança nova geração do Kindle Paperwhite, com bateria que dura até 10 semanas
E-READER

Amazon lança nova geração do Kindle Paperwhite, com bateria que dura até 10 semanas

Paulista realiza recadastramento e vistoria de kombis e vans
Transporte

Paulista realiza recadastramento e vistoria de kombis e vans