Correntista da Caixa tem até domingo para pedir antecipação de FGTS

Quem não realizar o pedido junto ao banco nesse período, receberá o crédito em conta, mas só a partir de 18 de outubro, de acordo com sua data de aniversário. Para quem tem conta poupança, no entanto, nada muda.

FGTSFGTS - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Quem tem conta corrente da Caixa Econômica Federal têm até o próximo domingo para garantir, junto ao banco, o recebimento do saque imediato do FGTS a partir de 13 de setembro. Quem não realizar o pedido junto ao banco nesse período, receberá o crédito em conta, mas só a partir de 18 de outubro, de acordo com sua data de aniversário. Para quem tem conta poupança, no entanto, nada muda.

A autorização poderá ser feita por meio do internet banking, do aplicativo do banco, do telefone de atendimento (0800-724-2019) ou diretamente nas agências.
Pelas regras publicadas pela Caixa no início deste mês, apenas os trabalhadores com conta poupança no banco teriam um cronograma de antecipação de recebimento do saldo de até R$500, de acordo com a data de aniversário.

Leia também:
Distribuição do lucro do FGTS será de R$ 30,88 para cada R$ 1.000
Liberação dos R$ 500 do FGTS favorece economia de estados ricos
Saque do FGTS começa em setembro para poupadores da Caixa; veja calendário

Desta forma, os nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril podem retirar seus recursos a partir de 13 de setembro. Os nascidos em maio, junho, julho e agosto, a partir de 27 de setembro. Já quem nasceu em setembro, outubro, novembro e dezembro, o valor estará disponível a partir de 9 de outubro. As regras, contudo, valem apenas para contas poupanças abertas até 24 de julho, quando foi publicada a Medida Provisória 889 com as diretrizes para o saque das contas ativas e inativas do fundo. Segundo a Caixa, em torno de 33 milhões dos trabalhadores têm conta poupança no banco.

Para quem não tem conta poupança na Caixa, um público estimado em 63 milhões de pessoas, o cronograma muda. Nascidos em janeiro poderão sacar a partir de 18 de outubro. Os nascidos em fevereiro, a partir de 25 de outubro. Os de março, em 8 de novembro. Nascidos em abril poderão sacar a partir de 22 de novembro, em maio, 6 de dezembro, e junho, 18 de dezembro.

A expectativa é que cada faixa contemple em torno de 5,5 milhões de trabalhadores. Tanto para poupadores, correntistas da Caixa quanto para quem não tem conta poupança no banco, o pagamento vai até 31 de março de 2020.

Cancelamento
O trabalhador que não desejar sacar os recursos precisará pedir ao banco o desfazimento, ou seja, o cancelamento do crédito automático. Será possível pedir isso pelo aplicativo, pelo site ou pelo internet banking. Será possível pedir a devolução do dinheiro às contas do FGTS até abril de 2020. Nesse caso, o banco vai estornar os recursos, que serão corrigidos como se não tivessem sido sacados.

Veja também

Bolsonaro anuncia nova redução de imposto sobre videogames
tecnologia

Bolsonaro anuncia nova redução de imposto sobre videogames

STF aceita auxílio-doença na aposentadoria especial do INSS
inss

STF aceita auxílio-doença na aposentadoria especial do INSS