A-A+

De vibrador inteligente até TV que gira: confira os lançamentos mais inusitados da CES 2020

Maior feira de tecnologia do mundo, a CES reserva novidades 'estranhas' em Las Vegas

Samsung Sero, TV giratóriaSamsung Sero, TV giratória - Foto: Samsung/Divulgação

A Consumers Electronics Show (CES 2020) ocorre entre os dias 7 e 10 de janeiro, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Reunindo mais de 4.500 expositores, a maior feira de tecnologia do mundo também reserva algumas surpresas e invenções inusitadas.

Algumas delas já foram demonstradas no primeiro dia, reservado apenas para a imprensa e convidados. De uma televisão giratória até uma “pelúcia sem cabeça”, as novidades para o presente e futuro chamam a atenção.

Confira uma lista: 

Keep

Desenvolvido pela Keep Labs, o “Keep” gerou polêmica na CES 2020. Isso porque o equipamento, premiado pela organização do evento, é um “porta-cannabis”. No formato de uma pequena caixa, ele foi criado para armazenar de forma segura e discreta os derivados da cannabis.

Patenteado pela empresa, o armazenador usa de biometria e conexão Wifi e Bluetooth para conectar o objeto com o celular do usuário.Qualquer pessoa que tente abrir a caixa gera um alerta no smartphone do dono do “Keep”, avisando sobre o possível “invasor”.

Samsung “The Sero”

Apresentada em 2019 pela Samsung, na Coreia do Sul a “The Sero” é uma televisão giratória que promete expandir a experiência dos smartphones.

A The Sero se conecta ao celular via NFC para mostrar vídeos dos stories do Instagram, do TikTok e outras redes sociais que utilizam o formato vertical, sem deixar as barras pretas costumeiras da televisão na vertical.

A solução foi novamente demonstrada na CES 2020, e deve ser expandida para mais países além da Coreia do Sul neste ano.

 

Lioness

Criado por uma startup da Califórnia, o vibrador inteligente "Lioness" utiliza a análise de dados para melhorara a experiÊncia do usuário.

O sex toy possui desde sensores de temperatura até sensores de força, além de um acelerômetro e giroscópios, tudo conectado com um aplicativo para smartphones que dão uma maior leitura da experiência.

Em 2019, a empresa Lora DiCarlo, responsável pela fabricação, havia ganhado o prêmio de inovação da feira, mas teve sua conquista revogada. De acordo com a comissão técnica, o produto era “imoral, obsceno, indecente, profano ou não condizente com a imagem do evento”.

Em 2020, no entanto, a CES teve como destaque a entrada dos brinquedos sexuais na categoria "Saúde e Bem Estar".

 

Caremitou

O Caremitou é a primeira plataforma no campo veterinário que utiliza internet das coisas. Desenvolvido como uma solução médica, a "casinha" consegue oferecer uma leitura biológica completa de gatos e cachorros, oferecendo uma avaliação física e ajudando a detectar mais cedo possíveis doenças.

Qoobo

Imagine acariciar um gato felpudo mas... sem cabeça. Assim é o visual do Qoobo, um bicho de estimação robótico desenvolvido por japoneses e apresentado ao mercado nesta CES 2020.

Com fins terapêuticos, é possível segurar o Qoobo no colo e fazer carinho à vontade. Entre as reações, o bichano robótico vibra e balança a cauda. 

Veja também

Pró-Criança oferece curso gratuito de preparação para o mercado de trabalho; há 700 vagas
Blog dos Concursos

Pró-Criança oferece curso gratuito de preparação para o mercado de trabalho; há 700 vagas

Ceasa chega aos 59 anos e investe R$ 3,6 milhões
Comemoração

Ceasa chega aos 59 anos e investe R$ 3,6 milhões