Decreto autoriza construção de 27 empreendimentos imobiliários em Jaboatão

A assinatura aconteceu durante o lançamento do projeto Jaboatão Invest na manhã desta quarta-feira (25)

Decreto autoriza construção de 27 empreendimentos imobiliários em JabotãoDecreto autoriza construção de 27 empreendimentos imobiliários em Jabotão - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

O prefeito do Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, Anderson Ferreira, assinou decreto autorizando a construção de 27 empreendimentos imobiliários nos bairros de Piedade e Candeias, que estavam congelados desde 2013.

A assinatura aconteceu durante o lançamento do projeto Jaboatão Invest na manhã desta quarta-feira (25). O investimento será acima de R$ 624 milhões, e deve gerar cerca de 4 mil empregos diretos e 12 mil indiretos, além de oferecer cerca de 929 unidades.

Leia também:
Orla de Jaboatão terá 27 empreendimentos
Jaboatão mostra seu potencial turístico


O projeto tem o objetivo de facilitar e incentivar o setor da construção civil a realizarem mais investimentos na orla do município e fomentar a economia a gerar condições favoráveis aos empreendimentos imobiliários gerando uma maior renda e empregos.

Anderson Ferreira também firmou convênio com o Presidente do Sinduscon, José Antônio de Lucas Simon, e com o presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Pernambuco (Ademi-PE), Carlos Tinoco, que vão cooperar na desburocratização dos licenciamentos e retiradas de documentos, agilizando serviços, no treinamento da mão de obra e infraestrutura.

Além do Projeto Invest, o prefeito anunciou a instalação de chuveiros e banheiros públicos climatizados nas orlas de Piedade e Candeias e de um novo ordenamento da orla, oferecendo mais lazer para a população.

Veja também

Nascidos em setembro podem sacar auxílio emergencial a partir desta quarta-feira
CALENDÁRIO

Nascidos em setembro podem sacar auxílio emergencial

Netflix dispara na bolsa após superar os 200 milhões de assinantes
Mercado

Netflix dispara na bolsa após superar os 200 milhões de assinantes