Demanda das empresas por crédito cai em outubro

Segundo a Serasa Experian, a queda da demanda empresarial por crédito em outubro foi puxada pelas micro e pequenas empresa

A demanda empresarial por crédito caiu 9,9% em outubro na comparação com setembro, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Demanda das Empresas por Crédito. Na comparação com outubro do ano passado, houve queda de 10,7%. No acumulado de janeiro a outubro, a demanda das empresas por crédito teve retração de 1,3% ante o acumulado do mesmo período do ano passado.

Segundo a Serasa Experian, a queda da demanda empresarial por crédito em outubro foi puxada pelas micro e pequenas empresas, com recuo de 10,4% ante o mês de setembro. Nas médias empresas houve queda de 1,0% e no caso das grandes houve estabilidade.

Os dados mostram ainda que, no acumulado do ano até outubro, a demanda empresarial por crédito recuou em quatro regiões do país: Norte (-5,8%); Centro-Oeste (-1,9%); Nordeste (-1,0%) e Sudeste (-0.3%). Houve alta apenas na Região Sul (2,5%).

De acordo com os economistas da Serasa Experian, o aprofundamento da recessão econômica, reduzindo a demanda por capital de giro, e as elevadas taxas de juros, tornando o crédito mais caro, tem desestimulado a busca das empresas por crédito.

Veja também

Dados mostram dimensão histórica do impacto da Covid-19 na economia
economia

Dados mostram dimensão histórica do impacto da Covid-19 na economia

Fortuna de Elon Musk aumentou em US$ 6,07 bilhões
economia

Fortuna de Elon Musk aumentou em US$ 6,07 bilhões