Usina

Diretor-geral de Itaipu pede demissão

Segundo comunicado, João Francisco Ferreira, à frente da usina desde abril de 2021, pediu exoneração por razões pessoais

Usina Hidrelétrica de ItaipuUsina Hidrelétrica de Itaipu - Foto: Caio Coronel/Itaipu

O diretor-geral da Itaipu Binacional, general João Francisco Ferreira, pediu exoneração do cargo por razões pessoais, segundo comunicou a empresa nesta terça-feira (25). Ele estava à frente da usina desde abril de 2021, quando substituiu o também general Joaquim Luna e Silva.

Segundo o jornal Valor Econômico, que antecipou a informação, o cargo estaria sendo negociado pelo "Centrão", citando fontes do setor elétrico.

Ferreira teria se antecipado para evitar desgaste. O nome do substituto ainda não foi anunciado, mas tem que ser avaliado pelo Conselho da Petrobras.
 

Durante o período em que esteve no cargo, a Itaipu alcançou a marca de 2,8 bilhões de megawatts-hora desde o início da operação da usina.

"O general Ferreira agradece o apoio e o comprometimento dos parceiros da usina, em especial à Família Itaipu, como se refere ao grupo de empregados", disse a empresa no comunicado.

Veja também

Meta e Apple discutem parceria em inteligência artificial, diz Wall Street Journal
TECNOLOGIA

Meta e Apple discutem parceria em inteligência artificial, diz Wall Street Journal

Grandes usinas solares igualam capacidade da hidrelétrica de Itaipu
energia limpa

Grandes usinas solares igualam capacidade da hidrelétrica de Itaipu

Newsletter