A-A+

Dólar cai e Ibovespa sobe após eleição de Bolsonaro

Moeda chegou a operar a R$ 3,58, mas vem se mantendo perto de R$ 3,64 ao longo do dia

DólaresDólares - Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

Na manhã seguinte à eleição de Jair Bolsonaro (PSL) à presidência do Brasil, o dólar comercial operou em queda e chegou a R$ 3,58 logo no início de sua operação. O patamar abaixo de R$ 3,60 não era atingido desde maio deste ano. Por volta das 11h, a moeda subiu e operava perto de R$ 3,64. A queda em relação à última sessão, na sexta-feira (26), quando valeu R$ 3,65, é de 0,5%. O valor é diferente do comercializado para turistas, que é mais caro.

Leia também:
Mercado financeiro espera manutenção da Selic esta semana
Mercado dá um ano para reforma da Previdência e quer mais mudanças trabalhistas, diz Economist

Já o Ibovespa abriu o dia com alta de 2%, atingindo 88.377 pontos, mas o índice vem oscilando para baixo ao longo das horas. A queda do dólar e a alta do Ibovespa ocorrem após declarações do economista Paulo Guedes sobre a prioridade à Reforma da Previdência e o remanejamento de verbas do Orçamento, dadas pouco após o anúncio da vitória do candidato. Guedes é indicado como possível futuro ministro de Bolsonaro na área de economia.

Veja também

Amazon lança nova geração do Kindle Paperwhite, com bateria que dura até 10 semanas
E-READER

Amazon lança nova geração do Kindle Paperwhite, com bateria que dura até 10 semanas

Paulista realiza recadastramento e vistoria de kombis e vans
Transporte

Paulista realiza recadastramento e vistoria de kombis e vans