A-A+

Dólar fecha semana com maior queda acumulada desde julho de 2017

O índice B3, da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), encerrou o pregão em alta de 1,70%

O índice é o mais alto patamar desde o início do Plano RealO índice é o mais alto patamar desde o início do Plano Real - Foto: Arquivo/Agência Brasil

A cotação da moeda norte-americana fechou a semana estabelecendo o menor valor registrado no mês, com baixa de 0,59%, cotada a R$ 4,0477 para venda. A desvalorização do dólar ocorreu pelo terceiro dia consecutivo, acumulando uma queda na semana de 2,86%.

Desde 14 de julho de 2017, a moeda norte-americana não acumulava uma queda neste patamar. O índice B3, da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), encerrou o pregão desta sexta (21) em alta de 1,70%, com 79.444 pontos.

A valorização acumulada na semana de 5,3% representa o segundo maior ganho de 2018, revertendo as duas últimas semanas em queda. Os papéis das grandes empresas, chamadas de blue chip, fecharam em alta com destaque para Vale com valorização de 2,85% e Petrobras com alta de 1,36%.

Leia também
Dólar fecha abaixo de R$ 4,10 com exterior e após pesquisa Datafolha
Mercado espera que dólar oscile mais entre 1° e 2° turnos

Veja também

Os caminhos para o emprego tecnológico
Tecnologia

Os caminhos para o emprego tecnológico

OAB e ESA contam com bolsas de estudos gratuitas para pós-graduação
Capacitação

OAB e ESA contam com bolsas de estudos gratuitas para pós-graduação