Duplicação da BR-104 facilitará acesso ao Polo de Confecções do Agreste

Serão investidos R$ 90 milhões, sendo R$ 81 milhões oriundos de convênios com o Governo Federal

Prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB)Prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB) - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

 

A BR-104, no Agreste do Estado, ganhará mais um trecho de duplicação com a obra prevista para iniciar em fevereiro de 2017. A pista será duplicada entre o município de Toritama e o distrito de Pão de Açúcar, pertencente à cidade de Taquaritinga do Norte, no entroncamento com a PE-160. O objetivo é dar mais mobilidade entre o Parque das Feiras, em Toritama, e o Moda Center, em Santa Cruz do Capibaribe, que integram o Polo de Confecções.

Serão investidos R$ 90 milhões, sendo R$ 81 milhões oriundos de convênios com o Governo Federal e R$ 9 milhões dos cofres de Pernambuco. A previsão de conclusão é para o segundo semestre de 2018. “Nós temos mais da metade desses recursos em caixa e temos já a garantia conveniada com o Ministério dos Transportes. Então não vai haver nenhuma dificuldade de quem ganhar a licitação, quanto ao recebimento de valores, independente do momento em que o Brasil está passando”, afirmou o governador Paulo Câmara.

O presidente do Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil de Confecções em Pernambuco (NTCPE), Fredi Maia, destacou que o município de Santa Cruz do Capibaribe está na PE-160, que está sendo duplicada, e lá se encontra a maior quantidade de empresas da cadeia têxtil. “É importante para o trânsito de matéria-prima, para o deslocamento dos funcionários e dos compradores que toda semana frequentam o Moda Center Santa Cruz”, afirmou.

Ao todo, serão 13,2 quilômetros que serão recuperados. Dentre eles, 8,8 quilômetros serão duplicados. As ações contemplam melhorias no acesso ao Parque das Feiras, em Toritama, e no entroncamento com a PE-160, em Pão de Açúcar.

 

Veja também

Plataforma digital vai gerar 1 milhão de oportunidades para jovens
Desemprego

Plataforma digital vai gerar 1 milhão de oportunidades para jovens

Índice de Confiança da Indústria cresceu 4,5 pontos durante passagem de setembro para outubro
Economia

Índice de Confiança da Indústria cresceu 4,5 pontos durante passagem de setembro para outubro