EAS lança nova embarcação ao mar

Todos os navios suezmax têm as mesmas dimensões: capacidade de carregar cerca de um milhão de barris de petróleo e 247 metros de comprimento.

Beto Accioly e o presidente da Federação Pernambucana de Futsal, Luíz CláudioBeto Accioly e o presidente da Federação Pernambucana de Futsal, Luíz Cláudio - Foto: Divulgação

 

O Estaleiro Atlântico Sul, em Suape, lançou ao mar a sua nona embarcação - o navio Milton Santos. O petroleiro está no cais 1 do empreendimento naval. Ele faz parte do pacote de encomendas da Transpetro (subsidiária da Petrobras), dentro do Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef).
Todos os navios suezmax têm as mesmas dimensões: capacidade de carregar cerca de um milhão de barris de petróleo e 247 metros de comprimento. Seu porte bruto é de 157,7 mil toneladas. Eles recebem essa denominação por ter o tamanho máximo para passar pelo canal de Suez, entre a Europa, Ásia e África.
A empresa não informou a previsão de entrega da embarcação - que é lançada ao mar para testes finais antes de partir para a sua primeira missão.
Homenagem

Assim como os navios entregues anteriormente, a nona embarcação recebeu um nome que homenageia um personagem negro da história brasileira. O baiano Milton Santos é considerado um dos maiores pensadores da Geografia mundial. Em 1994, ele conquistou o Prêmio Vautrin Lud - o Nobel da Geografia.
O oitavo navio, batizado de Machado de Assis, entrou em operação no começo deste mês. De acordo com a Transpetro, atualmente, nove navios do Promef estão em fase de construção. No Estaleiro Atlântico Sul estão sete embarcações: dois suezmax (incluindo o Milton Santos ) e cinco aframax. Mais dois gaseiros estão no Vard Promar. A previsão de entrega de todas essas embarcações é até 2019.

 

Veja também

Pix terá serviço de cobrança semelhante a boleto
pix

Pix terá serviço de cobrança semelhante a boleto

Bolsa reage e volta a subir após quatro sessões de queda
BOLSA DE VALORES

Bolsa reage e volta a subir após quatro sessões de queda