Economia mundial terá retração de 3% em 2020 por Covid-19, diz FMI

A FMI declarou que ainda há um risco de que a recessão seja pior do que o previsto

Sede do FMI em Washington, nos Estados UnidosSede do FMI em Washington, nos Estados Unidos - Foto: Zach Gibson/AFP

A economia mundial sofrerá uma contração de 3% este ano pela pandemia do novo coronavírus - disse o Fundo Monetário Internacional (FMI), nesta terça-feira (14), advertindo para um "grave risco" de que a recessão seja pior do que o previsto.

Caso se consiga conter o vírus e seja possível retomar as atividades, gradualmente, na segunda metade de 2020, a economia mundial pode crescer 5,8% em 2021, aponta o último informe "Perspectivas da economia mundial" do FMI.

Leia também:
FMI prevê queda de 5,3% da economia brasileira este anoFMI prevê queda de 5,3% da economia brasileira este ano
Banco Mundial prevê queda de 5% do PIB do Brasil este ano

Para os Estados Unidos, a maior economia do mundo, o Fundo prevê uma recessão mais marcada com queda de 5,9% do PIB em 2020, mas antecipa uma recuperação de 4,7% em 2021 - desde que seja possível controlar a pandemia.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Guedes quer Trabalho e Previdência de volta após saída de Onyx para eleição
POLÍTICA

Guedes quer Trabalho e Previdência de volta após saída de Onyx para eleição

Saiba mais sobre a alta da taxa Selic
ECONOMIA

Saiba mais sobre a alta da taxa Selic