Black Fiday
Black FidayFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco/Arquivo

Em menos de um mês, mais precisamente no dia 23 de novembro, o comércio eletrônico brasileiro comemora mais uma edição da Black Friday. De acordo com estimativas da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), neste ano, a expectativa é que em um único dia o e-commerce movimente R$2,87 bilhões, 16% a mais que o mesmo evento em 2017.

Segundo o presidente da Abcomm, Mauricio Salvador, a cada ano a Black Friday ganha mais relevância e se consolida como um dos principais eventos para o varejo. A data também serve como uma antecipação das vendas de fim de ano como o Natal. "A estimativa da Abcomm é de que cerca de 33% das compras na Black Friday sejam pessoas antecipando as compras de presentes de Natal. Com esse cenário, muitas lojas virtuais já preparam seus estoques esperando um ritmo agressivo nas vendas", afirma o dirigente.

Ainda de acordo com a Abcomm, a expectativa é que as lojas virtuais brasileiras recebam mais de 8,8 milhões de pedidos, com tíquete médio de R$ 326. As categorias mais buscadas devem ser "Informática", "Celulares", "Eletrônicos", "Moda e Acessórios" e "Casa e Decoração".

Para especialistas, apesar de ofertas tentadoras, a possibilidade em adquirir diversos itens com descontos acima da média mexe com o imaginário das pessoas. Pensando nessa dificuldade dos consumidores brasileiros e para orientá-los a encontrarem as melhores condições de compra nesse período, a Proxy Media, especialista em soluções digitais para geração de negócios, idealizou a campanha Black Friday de Verdade. 

A ideia é aproximar os usuários das promoções reais e verificando os descontos ofertados pelas empresas. “ A Black Friday é só no fim de novembro, mas o consumidor deve começar sua pesquisa com semanas de antecedência se quiser aproveitar as melhores ofertas”, revela o fundador do site Black Friday de Verdade e sócio-diretor da Proxy Media Marketing Digital, Francisco Cantão.

Segundo ele, para não se deixar iludir, a dica é que se monte uma lista com todos os itens que deseja adquirir e monitorar constantemente os preços que as principais lojas virtuais estão praticando. “Essa tática ajuda a identificar empresas que deliberadamente sobem os preços na véspera do evento e ver se os descontos oferecidos são mesmos vantajosos”, explica. 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: