Concurso
ConcursoFoto: Pixabay

As provas discursiva e objetiva do concurso para procurador do Estado de Pernambuco, que estavam marcadas para os dias 17 e 18 de março, foram adiadas em uma semana e serão aplicadas nos dias 24 e 25 de março. A informação é de uma portaria publicada no sábado (20) no Diário Oficial do Estado pela Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE). 

O motivo da mudança é evitar que as provas coincidam com a segunda fase do concurso para defensor público do Estado de Pernambuco, marcada também nos dias 17 e 18 de março. O restante do cronograma permanece o mesmo.

Leia também:
PGE divulga concurso para procurador de Pernambuco
Polícia Federal investiga fraudes em 14 concursos públicos


Concurso
Estão abertas dez vagas, entre elas uma para candidato com deficiência. As inscrições começarão no dia 23 de janeiro e vão até o dia 2 de fevereiro no site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) – www.cespe.unb.br, no valor de R$210,00.

O concurso será dividido em três fases, todas no Recife. Sendo a primeira uma prova objetiva de cem questões, de caráter eliminatório e classificatório. A segunda consiste numa prova discursiva com a elaboração de um parecer de até 60 linhas e de uma peça processual de até 90 linhas acerca do tema apresentado. Ambas com cinco horas de duração, cada.

A última fase de seleção é a avaliação de títulos, apenas de caráter classificatório. Entre os títulos estão: pós-graduação em nível de doutorado, mestrado ou especialização; título de professor de Direito havido em concurso público; livro no âmbito da ciência jurídica, de autoria individual; trabalhos publicados em periódicos especializados; arrazoados forenses; e exercício, por mais de um ano, de cargo de natureza jurídica em entidades públicas, inclusive cargos em comissão e empregos temporários.

O conteúdo inclui conhecimentos sobre Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Tributário, Direito Processual Civil, Direito Civil e Empresarial, Direito do Trabalho, Direito Processual do Trabalho, Direito Penal, Direito Financeiro, Direito Previdenciário, e Direito Ambiental.

A divulgação do resultado final é prevista para o dia 29 de junho. O concurso tem validade de dois anos a partir da data da publicação da homologação do resultado, podendo ser prorrogado por igual período uma única vez.

O certame é executado pelo Cebraspe, sob a supervisão de Comissão Coordenadora formada por procuradores do Estado e com participação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Procuradoria – Criada pela Lei Complementar nº 02, de 20 de agosto de 1990, a PGE-PE é o órgão responsável pela representação judicial do Estado de Pernambuco e de suas autarquias, pela consultoria jurídica ao Poder Executivo e pela promoção da cobrança da dívida ativa.

comece o dia bem informado: