A plataforma de ensino à distância Escola do Trabalhador, foi institucionalizada pelo Ministério do Trabalho
A plataforma de ensino à distância Escola do Trabalhador, foi institucionalizada pelo Ministério do TrabalhoFoto: reprodução/vídeo

A Escola do Trabalhador – plataforma digital de ensino a distância - foi institucionalizada pelo Ministério do Trabalho, em portaria publicada esta semana no Diário Oficial da União (DOU). A partir de agora fica estabelecido que a Escola deve ser gerida de forma articulada entre os entes públicos e privados que trabalham com qualificação profissional.

O projeto também ganhará espaços dentro das Superintendências Regionais do Trabalho e das Agências do Sine no Brasil, com o intuito de facilitar aos trabalhadores acesso aos cursos on-line da Escola, por meio de computadores disponibilizados nos locais.

Escola do Trabalhador
A plataforma de ensino a distância já alcançou mais de 550 mil matrículas e ultrapassou o número de 380 mil alunos inscritos, matriculados em um ou mais cursos disponíveis. Atualmente são oferecidos 25 cursos, divididos em 12 eixos temáticos, focados nas demandas do mercado de trabalho brasileiro.

Os cursos são gratuitos e podem ser acessados de qualquer computador do Brasil no endereço http://escoladotrabalhador.gov.br.

comece o dia bem informado: