Estacas de ferro nas entradas da Rua Duque de Caxias
Estacas de ferro nas entradas da Rua Duque de CaxiasFoto: Rafael Furtado/ Folha de Pernambuco

Para atender a demanda das compras de fim de ano, o comércio de rua recifense vai abrir aos domingos e feriados. A campanha começa quinta-feira, feriado da Proclamação da República, quando o comércio recifense abrirá das 9h às 17h. Em seguida, com exceção do feriado de Natal (25), todos os domingos e feriados até o dia 30 de dezembro será de portas abertas no Centro do Recife.

Estimativa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) dá conta de que o Natal injetará cerca de R$ 53,5 bilhões na economia do País. E é justamente atento às cifras geradas no período que a Câmara de Dirigentes Lojistas do Recife promove há mais de 20 anos essa ação de abrir aos domingos e feriados. “O objetivo é estimular tanto o consumidor, que ganha um dia a mais para fazer suas compras, quanto o comerciante, que tem como resultado o incremento nas vendas”, diz o presidente da CDL, Cid Lôbo, que projeta aumento de 5% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado.

Ele lembra que a iniciativa se trata de uma orientação, não uma determinação. Por isso, nem todo o comércio deve de imediato aderir à campanha. “As grandes lojas de rede da Avenida Conde da Boa Vista e as da Rua Nova, por exemplo, aderem de imediato à campanha, que é direcionada às lojas que vendem artigos típicos do período, como roupas, acessórios e calçados”, comenta Cid Lôbo.

Leia também:
Campanha Natal sem Fome começa nesta segunda
Natal deve gerar 76,5 mil empregos 

O economista da Fecomércio em Pernambuco, Rafael Ramos, avalia a inciativa como positiva para o comerciante que decidir abrir as portas. Segundo ele, o funcionamento aos domingos traz a população aos grandes centros. Por isso, os comerciantes têm a chance de ganhar com as compras por impulso. Além disso, ele lembra que o período tem um incentivo a mais: o 13º salário. “Novembro e dezembro terão a injeção do 13º salário, o que fará com que muita gente aumente o poder de compras”, ressalta o economista. Mas ele recomenda ao lojista um análise profunda da abertura aos domingos. “Se o faturamento não ocorrer de maneira esperada, abrir no domingo pode aumentar os custos”, pondera. Por isso, é preciso ter cautela.

Premiação

Assim como ocorre em todas as edições da campanha natalina, a CDL-Recife vai premiar quem comprar durante o período. A ideia, que ainda está sendo finalizada, é que, a cada R$ 50 em compras, os consumidores ganhem um cupom para concorrer aos sorteios de automóveis, bicicletas, entre outros prêmios.

“Como ainda estamos fechando os últimos detalhes da campanha com os patrocinadores, ainda não temos detalhes, por exemplo, de quando será o sorteio. No entanto, adianto que o modelo seguirá similar ao que aconteceu no Liquida Recife, com grande parte das trocas feitas pelo aplicativo da promoção e com um ponto físico para troca das notas fiscais”, adianta Cid Lôbo. Segundo ele, a localização desse ponto ainda será definida.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: