Lojas do Centro do Recife investem em artigos de Carnaval
Lojas do Centro do Recife investem em artigos de CarnavalFoto: Julya Caminha/Folha de Pernambuco

Marcado para o dia 2 de março, o Sábado de Carnaval vai chegar quase um mês depois de que no ano passado. Se para os foliões a espera pode parecer longa, a largada tardia é motivo de comemoração para o comércio. Isso porque os consumidores terão fevereiro inteiro para organizar os gastos e investir em fantasias e adereços para brincar a Festa de Momo. A diferença de tempo deve garantir às lojas especializadas do Recife um faturamento de 2 a 3% maior que no Carnaval 2018, estima a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) do Recife.

"Janeiro é um mês que tem muita despesa, com material e matrícula escolar, IPTU. Com o Carnaval sendo um pouco mais tarde, dá tempo do pessoal se planejar e sobrar um dinheiro para gastar na folia", explicou Cid Lôbo, presidente da CDL Recife. "Esse ano a gente tem mais prévias, mais festas. Com certeza vai ser melhor, até porque a expectativa econômica está mais otimista que em 2018.”

Leia também
Carnaval de bairro: programação com blocos, troças ou agremiações
Atenção na hora de alugar imóvel para o Carnaval

No Centro do Recife, a perspectiva dos comerciantes é positiva, embora o consenso seja de que a demanda ainda não se mostrou a par das expectativas. A loja de artigos de festa Pérola Festas, por exemplo, projetou um incremento de 10% nas vendas em relação ao Carnaval passado. Para tanto, a administração investiu em uma diversidade maior de produtos. “Mas, infelizmente, o movimento ainda está muito aquém”, relata o gerente Carlos Souto. Na maioria dos estabelecimentos visitados pela reportagem, a esperança é de que o fluxo de pessoas aumente a partir dessa semana. “Com o início das aulas e com a chegada dos bailes, a tendência é melhorar”, avaliou.

Na Casa Lapa, especializada em armarinho, aviamento e artigos de época, a situação é similar. “A gente espera que as vendas cresçam em 10%, mas ainda não atingiu essa expectativa. Esse ano, em relação aos demais, está demorando. Agora que começaram as aulas é que passou a reagir”, resumiu a gerente Janaína Fernandes.

Já a Avil Tecidos e Aviamentos espera um crescimento entre 10 a 15% das vendas. “A demanda começou há um mês, porque a gente também revende para confeccionistas que transformam o tecido em fantasia”, explicou o gerente Márcio Ferreira. A loja também investiu em uma quantidade maior de itens para dar conta da procura. “Isso em resposta aos anos anterior em que a gente deixou faltar. Serviu como lição para a gente abastecer e comprar mais”, afirmou.

A Mama Festas, onde o Carnaval representa o maior faturamento do ano, mudou sua estratégia de vendas e ampliou o mix de produtos. “Nos anos passados, o foco era em fantasias de luxo. Hoje é voltado para adereços, para o cliente que quer se fantasiar gastando pouco”, definiu o gerente Átila Vieira. A aposta é que a medida garanta vendas 30% maiores que as do ano passado. “Janeiro foi razoável, mas a gente acredita que os clientes estão deixando para cima da hora.”

SHOPPINGS
Os centros de compras do Estado também se preparam para receber o fluxo de clientes foliões. O Plaza Shopping promove a 19ª edição da sua Feirinha de Carnaval. Acessórios, adereços, maquiagem e fantasias para adultos e crianças, com preços de R$ 5 a R$ 270, estão à venda em dez estandes de artesãs locais. Na semana passada, o shopping ainda inaugurou a Loja do Carnaval, onde são realizados serviços de customização, maquiagem, e compra e troca de kits para as prévias. Os espaços funcionam até o dia 2 de março

Na Feirinha de Carnaval do Shopping Tacaruna, que acontece até dia 5 do próximo mês, oito artistas vendem fantasias e acessórios com preços a partir de R$ 2. O mall também conta com uma loja pop up colaborativa para o Carnaval, a Oca Co Criativa, com customização personalizada para camisetas e abadás. O estabelecimento abre as portas até o dia 1º de março.

Até o dia 2, opera no Shopping Guararapes o espaço Carnaval Feito à Mão. Além de uma loja para customização de fantasia, 15 estandes oferecem adereços e fantasias a partir de R$ 5,00. Com o Carnaval, a expectativa do mall é que o fluxo e vendas cresçam em 7% com relação ao mesmo período do ano passado.

No Shopping Boa Vista, a loja colaborativa Carnaval Store traz fantasias, acessórios e vários outros itens com valores a partir de R$ 10 - além de customização de roupas e abadás. As peças podem ser conferidas até o dia 1º.

O Shopping Patteo Olinda recebe, até dia 3, a Feirinha de Carnaval, onde são comercializados acessórios, adereços, maquiagens e fantasias. O mall também conta com a loja da Associação dos Artesãos de Olinda, onde artistas locais exibem acessórios e adereços voltados para a festa.

Em Paulista, no North Way Shopping, 20 expositores participam da Feirinha de Carnaval. Fantasias, acessórios e adereços estão à venda com valores a partir de R$ 5. O serviço vai até o dia 2.

O Camará Shopping, em Camaragibe, realiza a feira Carnaval Artesanal, com venda de acessórios, customização de peças e oficinas gratuitas de criação de adereços para o Carnaval.

Lojas do Centro do Recife investem em artigos de Carnaval
Lojas do Centro do Recife investem em artigos de CarnavalFoto: Julya Caminha/Folha de Pernambuco
O gerente da Avil, Márcio Ferreira, conta que a expectativa da loja é de um crescimento entre 10 a 15% nas vendas
O gerente da Avil, Márcio Ferreira, conta que a expectativa da loja é de um crescimento entre 10 a 15% nas vendasFoto: Julya Caminha/Folha de Pernambuco
A Casa Lapa espera incremento de 10% nas vendas, revela a gerente Janaína Fernandes
A Casa Lapa espera incremento de 10% nas vendas, revela a gerente Janaína FernandesFoto: Julya Caminha/Folha de Pernambuco

veja também

comentários

comece o dia bem informado: