Telefone fixo
Telefone fixoFoto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A Anatel assinou com as companhias de telecomunicações nesta sexta-feira (20) um compromisso público de que os serviços permanecerão operando durante a crise do coronavírus, mesmo com a grande mudança no perfil de uso provocada pelo isolamento dos brasileiros em casa.

O acordo chega após uma semana de intensas negociações com resistências por parte de algumas empresas, segundo quem participou das conversas.

Em caso de descumprimento, a Anatel poderá adotar medidas mais severas, como a expedição de cautelares que preveem inclusive multas diárias.

Leia também:
Brasil tem 11 mortos e 904 casos confirmados do novo coronavírus
Ministro da Saúde diz que curva de transmissão do coronavírus só terá queda brusca em setembro


O novo documento, que será divulgado pela agência nesta sexta, determina o envio de mensagens de alerta à população solicitadas por autoridades, adequação de pagamentos para usuários em isolamento, priorização de estabelecimentos de saúde e planos de ação para manter o trabalho das equipes.

Comunicado da Anatel enviado às empresas já na semana passada definia que, caso algumas áreas do país venham a sofrer restrições de deslocamentos, as empresas terão de flexibilizar os prazos de pagamento para consumidores inadimplentes nestes locais.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: