Sede da Receita Federal em Pernambuco com aglomeração de pessoas
Sede da Receita Federal em Pernambuco com aglomeração de pessoasFoto: Rafael Furtado

Mesmo a Receita Federal em Pernambuco ter suspendido desde o fim de março seu atendimento presencial, centenas de pessoas se aglomeram desde o início da manhã desta quarta-feira (8) na frente da sede na Alfredo Lisboa, no Bairro do Recife.

O movimento atípico diante de uma pandemia como a da Covid-19, em que as autoridades de saúde pedem a todo tempo para que as pessoas permaneçam em casa, se dá pela busca da regularização do Cadastro de Pessoa Física (CPF). É que, com o documento irregular, não é possível realizar o cadastro no aplicativo disponibilizado nessa terça-feira (7) pela Caixa Econômica Federal para acesso ao auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal.

Diante desse cenário, a Receita Federal emitiu comunicado onde ressalta que a regularização do CPF do contribuinte pernambucano pode ser feita pela internet. Para tanto, basta entrar no endereço: https://servicos.receita.fazenda.gov.br/Servicos/CPF/alterar/.

Leia também:
Aplicativo da Caixa para auxílio emergencial de R$ 600 tem instabilidade´
Em 24 horas, 22 milhões de pessoas se cadastraram para pedir auxílio de R$ 600
Receita Federal prorroga prazo para envio da declaração do Imposto de Renda

No espaço, devem ser preenchidos todos os campos. “É muito importante que os contribuintes respeitem o isolamento e não se exponham aos riscos de contaminação pelo novo coronavírus, evitando aglomerações”, informa a Receita Federal.

Ainda segundo o órgão, quem tem dúvidas sobre o preenchimento correto, pode, solicitar a regularização do CPF pelo e-mail [email protected]. Para isso, é necessário o contribuinte anexar no e-mail uma cópia do documento de identidade e do CPF, assim como uma fotografia (selfie) segurando o documento de identificação com foto.


veja também

comentários

comece o dia bem informado: