Com atraso, água chegou à Custódia, Interior de PE
Com atraso, água chegou à Custódia, Interior de PEFoto: Guilherme rosa

 

Dez anos depois de iniciada, a obra da Transposição do rio São Francisco começará beneficiar a população de Pernambuco e da Paraíba. Desde do último domingo, o ‘Velho Chico’ chegou à quarta estação de bombeamento (EBV-4) do Eixo Leste, na cidade de Custódia, no Sertão, completando um percurso de 96,5 quilômetros deste trecho.

De lá, seguirá por gravidade até a quinta elevatória (EBV-5), localizada em Sertânia, também no sertão pernambucano. A expectativa do Ministério da Integração Nacional é atender Monteiro (PB) no próximo mês de março.
Desde o último dia 30, a água avançou por mais de 60 quilômetros entre a terceira (EBV-3) e a quarta estação de bombeamento (EBV-4) do eixo, passando por três reservatórios Salgueiro, Muquém e Cacimba Nova) e um aqueduto (Jacaré). A EBV-3 foi acionada pelo presidente da República, Michel Temer, e pelo ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, em Floresta.

No entanto, o Agreste pernambucano, uma das regiões mais sacrificadas com a estiagem, só sentirá as benesses da Transpo­sição quando as obras do Ra­mal e da Adutora do A­greste estiverem concluídas.
Alguns trechos da Adutora do Agreste, segundo o presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, serão entregues ainda este ano. Para dar celeridade, a ideia é montar 15 frentes de trabalho. Já o Ramal, que se quer foi iniciado, recebeu em janeiro passado duas ordens de serviço.

A construção deve começar daqui a três meses, com conclusão prevista em 36 meses. Quando totalmente concluída, a Transposição vai atender mais de 12 milhões de pessoas em 390 municípios nos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: