Blairo Maggi anunciará redução gradual em abril
Blairo Maggi anunciará redução gradual em abrilFoto: Antonio Cruz/abr

 

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, deverá anunciar na reunião da Comissão Sul-Americana para a Luta Contra a Febre Aftosa (Cosalfa) 2017, o cronograma da mudança da vacina contra a febre aftosa e maiores detalhes da retirada gradual da vacinação no País. A reunião será realizada entre 3 e 7 de abril, em Goiânia (GO).

 A pasta trabalha com a possibilidade de retirar a vacinação de 80 milhões de cabeças, a partir de novembro de 2018. Ao todo, 200 milhões de bovinos integram o plantel do País.

Pernambuco já é livre de febre aftosa com vacinação e tem 1,8 milhão de animais. Primeiro a vacina será modificada, pois será retirado o vírus “C” (inativado) da composição do produto, que foi erradicado há mais de 13 anos na região, não sendo mais necessária imunização. Atualmente o produto é trivalente e protege o rebanho dos vírus A, C e O. Em 2018, o produto será bivalente contendo apenas as cepas A e O. 

Com isso, a dose do produto também deverá diminuir de 5 ml para 2 ml, sem perder qualidade e com os antígenos (substância que provoca a produção de anticorpos, ativando o sistema de defesa do organismo) necessários à manutenção da erradicação da doença.
Com a nova vacina, a perspectiva é que haja redução no custo do transporte, no armazenamento e na conservação das doses, tanto no processo de fabricação e distribuição, quanto na comercialização. Também haverá menor gasto com o manejo nas propriedades e menos reações nos animais, que provocam queda na produtividade do leite.

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: