Farmácia Popular
Farmácia PopularFoto: Arquivo/Folha de Pernambuco

As drogarias que fazem parte do Programa Farmácia Popular do Brasil precisam fazer a renovação do credenciamento para o ano de 2017. De acordo com o Ministério da Saúde, o prazo para recadastramento vai até o dia 31 de julho deste ano. As unidades que perderem o prazo não poderão comercializar os medicamentos com preços subsidiados.

“Essa informação é muito importante, pois, em função de notícias sobre o fim do Farmácia Popular, estava ocorrendo uma série de questionamentos relacionadas às drogarias participantes do programa Aqui Tem Farmácia Popular. Esse posicionamento do Ministério da Saúde mostra a continuidade desse braço do programa. Mas é importante que as lojas se apressem a realizar o recadastramento. O prazo é de dois meses”, conta Edison Tamascia, presidente da Federação Brasileira das Redes Associativistas de Farmácias (Febrafar).

O responsável legal da farmácia ou usuários autorizados deverão acessar o portal no endereço www.caixa.gov.br/farmaciapopular, entrar no Sistema Farmácia Popular (SIFAP) com o Número de Identificação Social (NIS) e a senha do Cartão do Cidadão cadastrada em agência da Caixa Econômica Federal para providenciar a atualização do cadastro no referido portal (tanto da matriz quanto da filial, se for o caso), utilizando o item “Renovar Cadastro” na opção “Credenciamento”.

Revisão

Quem não possuir o número de identificação necessário ou não está conseguindo acessar o SIFAP, deve se dirigir até a agência da Caixa onde se encontra o cadastro da empresa e rever os procedimentos para acesso.

As farmácias devem ficar atentas para a atualização dos dados do cadastro da farmácia, principalmente quanto à validade da Certidão Negativa de Débito (CND), somente da matriz, do Alvará/Licença Sanitária (SES/SMS) e do Certificado de Regularidade Técnica do Farmacêutico responsável (tanto matriz como filiais).

veja também

comentários

comece o dia bem informado: