Cartazes anti-Brexit são criados em móveis de rua fora das Casas do Parlamento, no centro de Londres
Cartazes anti-Brexit são criados em móveis de rua fora das Casas do Parlamento, no centro de LondresFoto: Tolga Akemen/AFP

A Suíça e o Reino Unido assinaram nesta segunda-feira (11), em Berna, um acordo que permitirá manter as relações econômicas e comerciais entre os dois países após o Brexit. Eles já tinham assinado, nos últimos meses, acordos sobre transporte rodoviário, transporte aéreo, seguros e livre-circulação de pessoas.

O acordo comercial, assinado nesta segunda pelo ministro de Comércio Exterior Liam Fox e o ministro suíço da Economia, Guy Parmelin, foi ampliado a Liechtenstein, devido à união aduaneira existente entre este país e a Suíça.

O pacto entrará em vigor quando os acordos Suíça-UE deixarem de ser aplicáveis às relações entre Suíça e Reino Unido, indicaram autoridades em comunicado. "Se a fase de transição prevista entre a UE e o Reino Unido entrar em vigor em 30 de março de 2019, os acordos bilaterais Suíça-UE continuarão sendo aplicáveis entre Suíça e Reino Unido", explicou.

Leia também:
Europa não vai reabrir acordo do brexit, repete líder a Theresa May
Líderes da UE rejeitam apelo do Reino Unido para renegociar Brexit
Deputados britânicos votam alternativas ao Brexit


Neste contexto, os acordos vão servir de base para as relações econômicas e comerciais entre a Suíça e o Reino Unido após a fase de transição. Contudo, no caso de um Brexit sem acordo em 29 de março, "o acordo será aplicado de forma provisória a partir de 30 de março de 2019".

veja também

comentários

comece o dia bem informado: