Shopping Carpina
Shopping CarpinaFoto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

A Zona da Mata Norte de Pernambuco ganha nesta sexta-feira (29) seu primeiro shopping. É o Shopping Carpina, empreendimento construído pelo Grupo Petribu que promete ser um centro de lazer, mas também um gatilho para a atração de empregos e investimentos na região. É que, além de levar 70 lojas, um cinema e uma universidade, o shopping quer representar o início de um bairro planejado e, assim, contribuir com o desenvolvimento de Carpina.

“É o início de uma nova área na cidade”, anunciou o presidente do Grupo Petribu, Jorge Petribu, que já elaborou até um plano diretor para a região. “Pretendemos construir vários empreendimentos aqui, supermercados, hospitais, residenciais e até distrito industrial”, contou o empresário. Ele ressaltou, porém, que o plano vai seguir o tempo do mercado. Por isso, será executado em longo prazo, mas sempre nas terras da família Petribu .

“Carpina é uma cidade que tem pouca área de crescimento. Então, montamos uma empresa para planejar o crescimento da cidade e permitir que ela ocupe essas áreas circunvizinhas. E o shopping é um elemento importante para essa urbanização, porque pode atrair novos investimentos”, acrescentou o presidente do Shopping Carpina, Jorge Petribu Filho.

Leia também:

Shopping Carpina, que abre nesta sexta-feira, terá 70 lojas, cinema e faculdade
Carpina ganha shopping center

É por isso que o shopping já nasce com uma proposta de convivência - conceito que fica claro no projeto arquitetônico, que conta com um corredor a céu aberto, lago e plantas. "Este é um centro de convivência, onde as pessoas virão se divertir, se relacionar e acessar diversos serviços, sejam eles públicos, financeiros, educacionais ou de compras", explicou Jorge Petribu Filho, que espera receber pelo menos três mil pessoas por dia no empreendimento.

Construído com um investimento de R$ 40 milhões, o shopping tem lojas como Americanas e Tropical, restaurantes como Sal e Brasa e Fri Sabor e cinema, mas também oferece serviços como agência bancária, ótica e universidade. Por isso, deve gerar 1,2 mil empregos diretos e mais 5 mil indiretos. “Além dos 4,5 mil empregos da usina, vamos gerar mais 1,2 mil empregos na região", comemorou Jorge Petribu, que foi muito prestigiado na inauguração do Shopping.

Além da família Petribu, muitos empresários e autoridades participaram do evento. Entre eles, o prefeito de Carpina, Botafogo; o presidente da Copergás, André Campos; os secretários estaduais de educação e tecnologia, Fred Amâncio e Aluísio Lessa, respectivamente; o superintendente estadual do Banco do Nordeste, Ernesto Lima Cruz; o ex-governador, João Lyra Neto; o sócio-diretor da LMS TGI, Eduardo Lemos; e o presidente do Grupo EQM, Eduardo Queiroz Monteiro.

"Fico muito feliz de participar do ato de inauguração desse shopping, que vai representar um salto econômico para Carpina e para a região", comentou Eduardo Monteiro, destacando a qualidade da construção e o espírito empreendedor de Jorge Petribu, que, assim como o grupo EQM, atua no setor sucroalcooleiro e agora diversifica seu ramo de atuação com o Shopping Carpina.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: