Renato Cunha, presidente do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Pernambuco (Sindaçúcar-PE)
Renato Cunha, presidente do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool no Estado de Pernambuco (Sindaçúcar-PE)Foto: Anderson Stevens

Com objetivo de dinamizar a agenda 2020 do setor sucroalcooleiro em Pernambuco, será reinstalada na próxima segunda, a Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Sucroalcooleiro. O encontro acontece a partir das 16h, no auditório da Agência de Desenvolvimento de Pernambuco (Ad Diper), nas Graças.

Assim como em todas as Câmaras já instaladas, a do setor sucroalcooleiro conta em sua composição com componentes da iniciativa privada e governamental. Originalmente, integram a parte privada representantes do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool de Pernambuco (Sindaçúcar-PE); Sindicato dos Cultivadores de Cana de Pernambuco (Sindicape); Associação dos Fornecedores de Cana (AFCP) e da Associação de Aguardente de Cana e Rapadura (Apar).

De acordo com o presidente do Sindaçúcar -PE, Renato Cunha, nesta reinstalação, membros de outras instituições foram convidados a integrar esse ambiente de discussão sobre temas ligados ao setor. “Membros da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE); do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA); Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) do Bongi; Porto de Suape e da Secretaria da Fazenda, além de outros serão convidados a participar dos encontros da Câmara”, destaca Renato Cunha.

Ainda segundo o presidente do Sindaçúcar-PE, nesse encontro, haverá inicialmente uma reunião de nivelamento para composição da diretoria da Câmara Setorial para que em seguida seja estabelecido o cronograma de reuniões para o próximo ano.

Leia também:
Fundaj firma acordo com com setor sucroalcooleiro
Produção de etanol em Pernambuco será de 420 milhões de litros

Representando o governo de Pernambuco, o evento conta com a presença de integrantes da Ad Diper, Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sdec), além da Secretaria de Ciência e Tecnologia.

Como além de discutir estratégias para o setor, a Câmara setorial também é oportunidade para qualificação, a convite do Sindaçúcar-PE, o encontro será palco de palestra do engenheiro Luiz Otávio Koblitz. Na ocasião, ele fala sobre biomassa e florestas energéticas. “Entendemos que a câmara tem um papel relevante na medida em que reúne os componentes e fomenta discussão, inclusive, palestras, pesquisas e planejamento estratégico. Por isso, o Sindaçúcar sugeriu a presença de Koblitz, que desenvolve estudos científicos e práticos na área de cultivo de florestas energéticas com aproveitamento da biomassa para geração de energia elétrica, limpa, firme e distribuída, além da produção de pellets para melhoria do combustível ambiental”, destaca Cunha.

veja também

comentários

colabore com a folha

comece o dia bem informado: