Vem Meu Emprego
Vem Meu EmpregoFoto: Andréa Rêgo Barros

Lançado nesta quinta-feira (19) pelo prefeito Geraldo Julio, o VEM Meu Emprego reforça o time de ações que fazem parte do Programa Chegando Junto. Desta vez, a Prefeitura do Recife disponibilizará passagens de ônibus para facilitar o deslocamento dos recifenses desempregados, que estão à procura de uma oportunidade no mercado de trabalho. O anúncio do projeto foi feito no Compaz Governador Eduardo Campos, no Alto Santa Terezinha. Além das passagens, os trabalhadores terão acesso a 10 currículos com envelope, que serão elaborados com apoio das equipes das Agências de Emprego do Recife.

O lançamento contou com as presenças do secretário de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo, Antônio Júnior; do coordenador do Programa Chegando Junto, Leo Bacelar; do presidente da União Geral dos Trabalhadores de Pernambuco, Gustavo Valfrido; e do vereador e presidente da Força Sindical, Rinaldo Júnior.


O prefeito Geraldo Julio comemorou mais uma ação do Chegando Junto. “O VEM Meu Emprego beneficia as pessoas que não têm carteira assinada, estão desempregadas, não têm o vale transporte e muitas vezes chegam na Agência do Trabalho para intermediação do emprego e não têm sequer a passagem para entrevista. Agora ele não só vai receber o cartão com as 20 passagens, garantindo aí pelo menos 10 entrevistas, mas também o currículo, feitos pela própria agência, garantindo que ele tenha condições de participar das entrevistas. É a ajuda para quem está atrás de emprego, que é grande parte da população brasileira. A Prefeitura mais uma vez mostra sensibilidade no Programa Chegando Junto para dar uma força para quem está realmente precisando”, afirmou o prefeito.
A meta da Prefeitura do Recife é beneficiar mil pessoas por mês e o VEM Meu Emprego será coordenado pela Secretaria de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo (STQE). As 20 passagens do anel A incluídas no cartão equivalem ao valor de R$ 69. Vale destacar que a utilização do cartão é pessoal e intransferível, devendo ter o objetivo exclusivo de procura emprego. A idade mínima para ser beneficiado é 18 anos e o candidato precisa comprovar que teve no mínimo seis meses de carteira assinada antes da demissão, comprovar que recebia menos de dois salários mínimos e ter sido desligada do último emprego a pelo menos 30 dias. Para participar do projeto, o interessado precisa se dirigir a uma das duas Agências de Emprego da Prefeitura do Recife, no Bairro do Recife ou Casa Amarela.

Antônio Júnior, secretário de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo, explicou o funcionamento do projeto. “Para acessar o benefício é preciso ter mais de 18 anos, provar que mora no Recife e através de carteira profissional ou termo de rescisão contratual, que perdeu o emprego a menos de 30 dias e que ganhava até dois salários mínimos. Nas agências do trabalho, eles serão orientados e estarão aptos a procurar emprego”, disse o secretário. Além do cartão, cada participante receberá uma pasta com dez envelopes para o cidadão colocar seu currículo, que será elaborado e impresso gratuitamente nas Agências de Emprego da PCR.

Os cartões com as passagens começam a ser disponibilizados a partir da próxima segunda-feira (23), a partir das 14h. Cada inscrito será contemplado uma única vez com um cartão contendo 20 passagens. Na própria agência, o cidadão ou cidadã dará entrada no Seguro Desemprego, mediante a apresentação da rescisão, devendo apresentar também comprovante de residência no Recife e documentos pessoais (RG e CPF). As duas agências funcionam das 7h30 às 17h.
Gustavo Valfrido presidente da União Geral dos Trabalhadores de Pernambuco, também falou sobre a ação. “O que vemos hoje é muito trabalhador desempregado, sem ter condições de sair de casa para procurar emprego. E essa oportunidade que a Prefeitura está apresentando, dando as condições para que a pessoa possa ter um currículo bem organizado e já ser encaminhado da própria agência do trabalho e com passagem, acho fundamental. Esta é uma ação acertada do prefeito Geraldo Julio”, avaliou.
Elisoneide de Freitas, é uma dos quase 13 milhões de desempregados no Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e contou sobre o impacto que o projeto vai ter na vida de pessoas que estão na mesma situação que ela. “Eu achei ótimo. Um exemplo é meu esposo. Moramos em Água Fria e tem dias que ele sai cedinho, e vai andando para a Imbiribeira, Boa Viagem, em busca de emprego e até agora nada. Essa oportunidade de dar a passagem, já vai ajudar, porque muitas vezes é o dinheiro de comprar um pão para casa”, contou Elisoneide.

CHEGANDO JUNTO - O Chegando Junto é o programa municipal de assistência e geração de renda, implantado pelo prefeito Geraldo Julio, com o objetivo de reduzir a pobreza e a desigualdade social, que vêm crescendo no Brasil. A iniciativa promove diversas ações divididas entre as áreas de assistência à população e apoio à geração de renda.

Além do Renda Por APP, já estão em andamento ações como os minicursos profissionalizantes, que já formaram mais de 830 pessoas em diversas comunidades; os mutirões de saúde; os Espaços de Convivência Pertencer (que proporcionam locais para as mulheres deixarem seus filhos enquanto trabalham); as Frentes de Trabalho Miguel Arraes, que ofertam postos de trabalho nas escolas e unidades de saúde municipais; e o projeto Gera Cidadania, oferecendo oficinas pedagógicas e artísticas para crianças, adolescentes e jovens no contraturno escolar.

O Chegando Junto também vai construir três restaurantes populares, um abrigo noturno, e dará auxílio e assistência técnica aos moradores para reformar e construir suas casas, entre outras iniciativas.

comece o dia bem informado: