Deputado estadual Álvaro Porto, do PTB
Deputado estadual Álvaro Porto, do PTBFoto: Jarbas Araújo/Alepe

A chegada do frigorífico industrial da Masterboi em Canhotinho instalou, no Agreste Meridional, a expectativa sobre a geração de emprego e renda e a consequente reconfiguração econômica e social da região. A observação foi feita nesta quarta-feira (5) pelo deputado estadual Álvaro Porto (PTB) em discurso na Assembleia Legislativa.

O empreendimento, cujas obras devem iniciadas em março, vai abrir 800 postos de trabalho diretos e possibilitar o surgimento de outros 3,5 mil indiretos. A planta terá capacidade para abater, inicialmente, 500 bois por dia, além de lotes diários de ovinos e suínos. O total de investimento previsto é da ordem de R$ 112 milhões. A construção ocupará uma área de 110 hectares.

“Desde que a Masterboi anunciou a decisão de instalar seu frigorífico industrial em Canhotinho, em dezembro, a região entrou num processo de reenergização e renovação de sonhos. E esta expectativa positiva tem toda razão de ser. Afinal, a chegada de um empreendimento deste porte vai revolucionar a economia, reforçando e expandindo toda a cadeia de negócios e serviços ligados ao segmento”, disse. “O frigorífico tem injetado ânimo, motivação e orgulho no povo de Agreste. Acima de tudo, é responsável por criar uma perspectiva de melhoria de vida para a população”, arrematou o petebista.

No primeiro discurso no plenário neste ano, Porto reforçou que a decisão da Masterboi é motivo de honra para o seu mandato. “Desde que soubemos da intenção da empresa em abrir uma unidade frigorífica em Pernambuco colocamos o nosso mandato a serviço de articulações para viabilizar o projeto”, disse. Para ele, embora árduos, os esforços foram acertados. “Ao lado do prefeito de Canhotinho, Felipe Porto, agimos para assegurar todas as condições necessárias à instalação da unidade no município”.

No processo que culminou com a decisão por Canhotinho, Porto destacou o empenho de gente preocupada com o desenvolvimento do Agreste Meridional. Citou a contribuição do conselheiro do Tribunal de Contas Carlos Porto, que, segundo ele, foi essencial no estabelecimento do diálogo da empresa com o Governo do Estado.

O deputado, que é bancada da oposição, não deixou de reconhecer o papel do governador Paulo Câmara (PSB) em favor do projeto. “O governo assegurou atrativos e não fez objeção alguma ao local escolhido pela Masterboi. Aliás, diante da grandiosidade do empreendimento, o governador colocou à disposição da empresa a estrutura da Secretaria da Fazenda, da AD-Diper e Compesa”, salientou.

Um dos reflexos da mobilização positiva já vista no Agreste, de acordo com Porto, é o fato de os pecuaristas da região já estarem interessados em aumentar seus rebanhos. “Eles estão preocupados também com a qualidade do gado. Isso significa dizer que o frigorífico já está estimulando o melhoramento genético”, afirmou.

O deputado frisou que a trajetória da Masterboi – empresa pernambucana com 20 anos de estrada – revela o espírito empreendedor e a disposição para o trabalho que tem o seu proprietário Nelson Bezerra. “Neste processo ficou evidente a capacidade de liderança, de diálogo e de tomada de decisão de Nelson e sua equipe. Pudemos entender porque este empresário se tornou sinônimo de arrojo e sucesso em Pernambuco e no país”, disse. “Agradecemos a Nelson e à sua equipe e reiteramos que nossa parceria em favor do Agreste Meridional está á começando”, finalizou.

Nos apartes, o deputado Joaquim Lyra (PSD) apontou a importância da interiorização do desenvolvimento. Com base em Vitória de Santo Antão, Lyra afirmou que, assim como ocorreu no seu município, a chegada de negócio do porte do frigorífico deve transformar o panorama econômico de Canhotinho. Por sua vez Antônio Fernando (PSD) salientou o estímulo que a bovinocultura deve sofrer em todo o estado para atender à demanda empreendimento da Masterboi.

Já Romário Dias (PSD) afirmou que o frigorífico chega em boa hora, uma vez que os negócios do segmento de laticínios enfrentam dificuldade por conta do baixo preço do leite. Ele acredita que a pecuária de corte vai proporcionar mudanças positivas no que hoje é a bacia leiteira de Pernambuco. Por fim o líder do governo na Casa, Isaltino Nascimento (PSB), exaltou a correção e o altruísmo de Porto ao reconhecer o empenho do governo estadual para a viabilização do empreendimento da Masterboi.

comece o dia bem informado: