Estágio
EstágioFoto: Pixabay

Graças aos avanços na medicina e melhorias na qualidade de vida, a população de mais idade hoje em dia possui muita disposição para trabalhar e até para voltar aos estudos. Mas o mercado de trabalho costuma privilegiar os jovens, e então os mais velhos se deparam com muitas portas fechadas quando buscam oportunidades. De acordo com informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a quantidade de pessoas mais velhas no país só faz aumentar e, até 2060, o Brasil terá mais idosos do que jovens.

Com esse público em mente, que não pensa em parar mas que enfrenta dificuldade em retornar ao mercado de trabalho, Martorelli Advogados criou o programa Longevidade, iniciativa que tem como objetivo a seleção e contratação de estudantes de direito maiores de 55 anos como estagiários. O projeto é pioneiro no mercado da advocacia e segue a linha de iniciativas do escritório que visam a inclusão social. 

No início deste ano, Martorelli implantou o premiado programa Igual Por Direito com o objetivo de ampliar a quantidade de estagiários negros em suas unidades. E, mais recentemente, foi criado no escritório um comitê de diversidade, formado por advogados sensíveis às mais diversas causas sociais.

“O programa Longevidade celebra não apenas nossa tradição em desenvolver profissionais, mas também traz consigo uma resposta de inclusão e de respeito às pessoas nos seus diversos ciclos de vida”, ressalta Ana Vasconcelos, sócia do escritório e líder do comitê de diversidade. “Programas como esse representam uma evolução no mundo corporativo, que, cada vez mais, valoriza o capital humano.” Os interessados nas vagas do Programa Longevidade já podem enviar currículo para o e-mail [email protected]

comece o dia bem informado: