Folha Finanças esclarece sobre como investir seu dinheiro
Folha Finanças esclarece sobre como investir seu dinheiroFoto: Arte/Folha de Pernambuco

Aqui nesse espaço você encontra esclarecimentos de especialistas sobre
como investir o seu dinheiro. Mande sua pergunta também. Nesta semana, quem responde é Felipe Tavares, administrador e sócio da Dapes Investimentos. Mande sua pergunta também para o e-mail [email protected] ou para o WhatsApp (81) 9479-6141.

Tenho um financiamento de um veículo que vem consumindo muito dinheiro. Principalmente durante esta época de quarentena, será que vale a pena ir atrás de um investimento para ajudar a quitar essa dívida? (Júlio Carvalheira)
Nenhum investimento conservador terá uma taxa de juros maior que a do
seu financiamento. O ideal, caso possível, seria quitar a dívida, caso esse dinheiro que você dispõe para investir seja o suficiente. Caso contrário, observar se é possível uma renegociação do financiamento, e em último caso, buscar outro tipo de empréstimo
pessoal com um juros mais baixos que o do seu financiamento, de preferência com alguma carência para você começar a pagar as parcelas.

Tesouro direto: é um bom investimento? Teria alguma opção mais vantajosa? (Pedro Ferreira)
Existem diversos tipos de tesouro direto. O mais conservador de todos
é o Tesouro SELIC, que, como o nome já diz, rende a Taxa SELIC, hoje em 3% ao ano. Apesar da taxa mais baixa da história, o título ainda rende acima do esperado para inflação, por volta de 2% esse ano. Porém existem outros títulos do tesouro, como o IPCA +, para quem pensa na aposentadoria ou no longuíssimo prazo, pode ser interessante, um título que vai remunerar a inflação e ainda uma taxa "extra". É importante lembrar que a saída antecipada do título do tesouro IPCA pode acarretar perdas.

comece o dia bem informado: