Folha Finanças
Folha FinançasFoto: Arte/Folha de Pernambuco

Aqui, neste espaço, você encontra esclarecimentos de especialistas sobre como investir o seu dinheiro. Nesta semana, quem responde é a mestre em administração e professora da Unibra Renata Berenguer. Mande sua pergunta também para o e-mail [email protected] ou para o WhatsApp (81) 9479-6141.
Qual a sugestão para investir R$ 100 mil. Deve centralizar em uma única aplicação ou diversificar? - Ivan Câmara.

Ivan, diversificar é sempre a melhor opção. Quando investimos em diversos ativos conseguimos reduzir o risco da carteira, porque a perda de um investimento é compensada com o ganho do outro. Com os seus $100 mil, é possível montar uma carteira que mescle ativos de renda fixa (como CDI, LCI e LCA) que possuem menor risco e ativos de renda variável, como as ações. A proporção de cada um depende do seu perfil de risco, mas o interessante é que invista em ativos que reajam de forma diferente às circunstâncias do mercado. Por exemplo, há ações que se valorizam com a alta do dólar, e outras que se desvalorizam, é possível ter uma carteira mais equilibrada.
Nos investimentos de um modo geral, se consegue um retorno financeiro bom no curto ou longo prazo? - João Augusto.

João, normalmente os investimentos de longo prazo possuem um retorno superior aos de curto prazo, justamente pelo maior tempo de aplicação do dinheiro. Porém há outros fatores que também interferem no retorno, como o tipo de investimento, o risco, o cenário econômico. Assim, é possível encontrar opções no curto prazo com retornos superiores à de longo prazo, mas que apresentam um risco mais elevado. De maneira geral, sempre desconfie dos investimentos que prometem retornos altos e imediatos.

comece o dia bem informado: