Palestra de Vítor Magnari no Porto Digital
Palestra de Vítor Magnari no Porto DigitalFoto: Julya Caminha/Folha de Pernambuco

Com objetivo de impulsionar o desenvolvimento de novos negócios em Pernambuco, ontem o iFood desembarcou na capital do Estado, no Porto Digital, para debater sobre a possibilidade de trazer mais empreendedores e capital humano. A empresa é a maior da América Latina e tem como meta contratar cerca de mil pessoas anualmente, nas mais diversas áreas. “Pernambuco possui um ingrediente especial por ter um olhar diferenciado para inovações”, destacou Vitor Magnani, Head de Public Affairs & Corporate Social Responsability do iFood.

Inicialmente, três novidades devem ser implementadas no Estado. A primeira é exclusiva aos prédios, onde um armário térmico será aberto pelo entregador por meio de um QR CODE para deixar o pedido. O usuário apenas desce e busca a refeição. A segunda vertical é a possibilidade da plataforma entregar insumos aos restaurantes, oferecendo descontos. Por fim, os entregadores terão uma maquininha que levará consigo para otimizar o tempo das entregas sem atrapalhar o estabelecimento.

Sobre o escritório que já existe há algum tempo no Porto Digital, no espaço Overdrives, Magnani revela que se houverem mais contratações o espaço deverá ser ampliado, assim como as contratações. “O céu é o limite”, frisou. Em curto prazo a empresa promete continuar contratando em Pernambuco que enxerga o Porto Digital como essencial para o País, em razão da tração de talentos relacionados à tecnologia.

Leia também: 
Porto Digital vai triplicar a incubação de startups
Porto Digital quer 20 mil pessoas trabalhando nas suas empresas


Presidente do Porto Digital, Pierre Lucena destaca a importância do iFood à atração de novas tecnologias e negócios. “O que a gente tem a oferecer de melhor é nossa mão de obra e a qualidade da prestação de serviços”, ressaltou.

No Brasil, cerca de 60 mil restaurantes estão cadastrados com 11 milhões de usuários ativos. São 17,4 milhões de pedidos por mês realizados pelos 120 mil entregadores cadastrados na plataforma. “Se permanecer com esse ritmo de crescimento o número de vagas deverá ser ampliado para 2020”, revelou Magnani.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: