Vacinação
VacinaçãoFoto: Erasmo Salomao/Ministério da Saúde

O Instagram anunciou nessa quinta-feira (9) que irá bloquear hashtags que propagam conteúdos anti-vacinação entre seus usuários. As informações foram publicadas pelo site The Verge.

"Se a hashtag fosse #vaccines1234, se contivesse uma alta proporção de desinformação de vacina conhecida, nós bloquearíamos essa hashtag completamente", afirma Karina Newton, chefe global de políticas públicas do Instagram.

Leia também:
Instagram proíbe publicação de imagens de autoflagelação
Duas cidades pernambucanas já atingiram meta de vacinação de gripe


A rede social de fotos também planeja criar um pop-up para alertar os usuários sobre a busca por assunto ligados à saúde e entregar informações corretas. Ainda não foi anunciado um prazo para a inclusão do recurso na plataforma.

O Facebook também está sendo pressionado para combater propagandas anti-vacina. A empresa se comprometeu a barrar esse tipo de conteúdo no feed dos usuários, mas ainda é possível encontrar postagens que apoiam a causa.

A cidade de Nova York está passando por um surto de sarampo, doença que pode ser evita com a vacinação das crianças. A situação impulsionou a discussão sobre o impacto da desinformação sobre assuntos ligados a saúde que circulam nas redes sociais.

A tendência das pessoas que optaram por não vacinar tornou-se uma ameaça global à saúde em 2019, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

veja também

comentários

comece o dia bem informado: