Os selecionados vão passar por nove semanas de atividades
Os selecionados vão passar por nove semanas de atividadesFoto: Divulgação

SÃO PAULO ­- Com o objetivo de conectar startups, proporcionando a troca de conhecimento e a descoberta de soluções para desafios comuns, o Google está com inscrições abertas para o programa Immersion. As inscrições vão até o próximo domingo, e as startups escolhidas vão passar por um período de nove semanas de atividades com dois encontros presenciais de uma semana na sede do Google for Startups, em São Paulo. As inscrições podem ser feitas por meio do site www.campus.co/immersion2019/saopaulo.

Nesta edição, o foco do programa será em três áreas de atuação do Google: desenvolvimento de produto priorizando o usuário, gestão & cultura, e aquisição de clientes. As startups e a empresa vão atuar juntas em pelo menos um dos desafios considerados prioritários, por meio de workshops, conteúdos estruturados e mentorias personalizadas.

Segundo a gerente de Programas do Google for Startups, Aline Schlosser, as semanas de trabalho vão estimular o crescimento das empresas. "Queremos apoiar startups em estágio de crescimento. Durante o programa, passaremos por todos os aspectos relevantes, como modelo de negócio, produto, aquisição de clientes, gestão & cultura, e funding" disse Aline.

Leia também: 
Google lança oficialmente Android 10; confira detalhes
Saiba como utilizar os filtros do Google para achar uma vaga de emprego


De acordo com o diretor do Google for Startups Brasil, André Barrence, Recife é considerada uma cidade com alto potencial por conta do Porto Digital. "A gente quer chegar onde as pessoas estão, queremos ter um bom problema de escolher as melhores startups. Olhamos o Porto com muita referência, é um ecossistema com densidade e qualidade de negócios. O objetivo é conseguir que as empresas bebam dessa fonte", afirmou André.

Ele destacou que apesar dessa imersão nas ferramentas do Google, a empresa não investe financeiramente nas startup. "A gente não cobra e não investe. Ajudamos no que acreditamos ser bom para elas crescerem, investimos em crédito de produto, em conhecimento. É um processo de longo prazo ", destacou André Barrence.
Entre os critérios de seleção das startups, são estar em um estágio de crescimento com tração comprovada no seu mercado, ter um estágio de investimento seed ou Série A, fundadores comprometidos com o crescimento do negócio, entre outros.

Os selecionados vão passar por nove semanas de atividades
Os selecionados vão passar por nove semanas de atividadesFoto: Divulgação
Os selecionados vão passar por nove semanas de atividades
Os selecionados vão passar por nove semanas de atividadesFoto: Divulgação
Os selecionados vão passar por nove semanas de atividades
Os selecionados vão passar por nove semanas de atividadesFoto: Divulgação

veja também

comentários

comece o dia bem informado: