Toro 2020
Toro 2020Foto: Fiat/Divulgação

O maior motivo de venda da picape Toro, da Fiat, é o seu design. E a montadora quer manter esse potencial no mais novo lançamento: o Fiat Toro 2020. A linha traz uma proteção dianteira na parte inferior do para-choque (o chamado overbump) e uma maior central multimídia, de 7 polegadas - a anterior era de 5 polegadas. E para manter a versatilidade (3º maior motivo de venda) e conquistar mais consumidores, a Fiat incluiu duas entradas na versão Endurance, uma Flex com câmbio manual e uma Diesel com transmissão automática de nove velocidades.

A tela multimídia, de toque sensível, ganhou software com novas opções de apps, compatível com a Apple CarPlay e Android Auto. O novo lançamento apresenta quatro versões, Endurance, Freedom, Volcano e Ranch, com três disposições de motores, o Flex 1.8 e 2.4 e o Turbodiesel 2.0. Eles combinam com três diferentes câmbios: manual de cinco marchas, automáticos de seis marchas e nove marchas. A Fiat ainda se apresenta com uma linha mais extensa de picapes, com trações 4x2 ou 4x4. Com tantas versões, os valores variam de R$ 92,9 mil a R$ 159,9 mil.

E vem mais novidade de versões da picape. É que no último trimestre deste ano, a Fiat vai lançar a versão Ultra com a aposta de revolucionar o próprio Toro. Com motor 2.0 Diesel, tração 4x4 e câmbio automático de nove marchas, a novidade pretende ser robusta, marcante e com design forte - inclusive com um adesivo lateral com o nome “Ultra”. A caçamba ganha maior proteção, com acionamento elétrico, além da tampa ser removível para comportar objetos maiores. É de se esperar que a versão chegue na faixa de R$ 150 mil.

Leia também:
Viajar nas férias exige cuidado com o carro, a estrada e o motorista
Renault confirma interesse em fusão com Fiat-Chrysler  


Três cores inéditas vêm incrementar a palheta do Toro: Prata Billet, Marrom Deep e Azul Jazz. Além disso, a Fiat volta a trazer conceitos italianos. Em sua versão Freedom (Flex e Diesel), a inspiração é italiana, com a sigla S-Design, apresentado no Salão de Genebra de 2017. É um pacote de acessórios estéticos que custam R$ 5 mil. Entre os itens estão estribos laterais na cor preta, interior com forrações especiais, novas cores nos retrovisores e rodas escurecidas. Nas versões Endurance, a montadora ainda apresenta Santo Antônio e grade do vidro traseiro. E na Volcano tem airbags laterais, cortina e joelho.

Para o desenvolvimento do Toro 2020 foi necessário 110 mil horas de engenharia e envolvimento de 50 pessoas. Desenvolvido 100% pela FCA no Brasil, o Toro tem sua casa em Pernambuco. Essa primeira picape foi lançada em 2016 e saiu da fábrica de Goiana, na Região Metropolitana do Recife. “A Toro é um produto revolucionário que mudou a forma do consumidor brasileiro gostar de picape”, destacou Fernão Silveira, diretor de Comunicação e Sustentabilidade da FCA para América Latina.

Toro 2020
Toro 2020Foto: Fiat/Divulgação
Toro 2020
Toro 2020Foto: Fiat/Divulgação
Toro 2020
Toro 2020Foto: Fiat/Divulgação

veja também

comentários

comece o dia bem informado: