Jeep Compass poderá ser o primeiro carro conectado à internet
Jeep Compass poderá ser o primeiro carro conectado à internetFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Planta mais moderna do Grupo FCA no mundo, a fábrica da Jeep, em Goiana, Região Metropolitana do Recife (RMR), está mais uma vez inovando para sair na frente. A novidade da vez é que o primeiro carro conectado da FCA na América Latina vai sair da indústria pernambucana. O conceito é de um carro conectado à internet: como se o carro fosse o seu celular. A expectativa é que o Compass seja o primeiro modelo a receber esse conceito, e a previsão de lançamento é em 2021. Além disso, o sistema deve ser utilizado posteriormente nos carros produzidos na fábrica da Fiat, em Betim, Minas Gerais.

De acordo com Thiego Oliveira, gestor de TI da fábrica da Jeep, o trabalho de inovação na planta é constante. “Vai ser instalado um chip no veículo com Wi-Fi. E a partir disso poderão ser instalados aplicativos. O cliente poderá fazer até pagamentos”, adiantou Oliveira, ao complementar que informações importantes também poderão ser avisadas ao condutor do veículo. “O carro vai enviar informações também sobre alerta de possíveis trocas necessárias de manutenção”, acrescentou.

Leia também:
Jeep investe em sustentabilidade
Jeep Compass ganha série especial de luxo
Polo Jeep vai gerar 1.800 empregos em Pernambuco


Depois do Compass, a planta deve conectar o Renegade e, por último, a Fiat Toro, segundo a empresa. Com a inovação, o cliente conseguirá uma maior autonomia, com experiências digitais dentro e fora do carro. Ou seja, será implantado um mecanismo para a pessoa realizar compras, pagamentos - como os de combustível, estacionamento e pedágio -, acessar informações e muito mais.

E para entrar nesse processo de inovação, a Jeep anunciou a parceira com a Visa do Brasil. As duas empresas estão desenvolvendo uma solução de pagamento segura e fluida. Para o vice-presidente de Inovação e Soluções da Visa do Brasil, Percival Jatobá, hoje o movimento é de ‘desconstrução’ do cartão, ou seja, as credenciais essenciais para a realização de pagamentos continuam existentes, mas inseridos em outros formatos e dispositivos conectados à internet das coisas, por isso o consumidor pode pagar com o carro.

Segundo Jatobá, a segurança é crucial para o projeto. Por isso, estão trabalhando para proteger o pagamento e para que o motorista se distraia o mínimo possível. O diretor de Portfólio, Pesquisa e Inteligência Competitiva da FCA para a América Latina, Breno Kamei, disse que é preciso estar preparado para o futuro e convidou a Visa para co-criar a solução digital do projeto.

O desafio de continuar na busca por inovação é um processo latente na fábrica pernambucana. “A Jeep em Goiana já nasceu como a fábrica mais moderna da FCA no mundo. Então é constante nosso trabalho de continuar inovando e buscando soluções sustentáveis, apoiando o conhecimento para os funcionários”, disse o plant manager da Jeep, Pierluigi Astorino.

Hoje, a produção da fábrica em Goiana é de 1.000 carros por dia. São três turnos de produção, 24h por dia, seis dias por semana. No Polo, são 13.600 funcionários.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: