Embraer vai vender 24 jatos à United Airlines

Aeronaves E175, um dos modelos da família E-Jets, é do segmento de 70 a 120 assentos.

Plenário do Supremo Tribunal FederalPlenário do Supremo Tribunal Federal - Foto: Carlos Moura/SCO/STF

A Embraer anunciou nesta terça-feira (15) um acordo fechado com a United Airlines para vender 24 aeronaves E175, um dos modelos da família E-Jets, que serve o segmento de 70 a 120 assentos. O valor do contrato foi de US$ 1,08 bilhão.

A encomenda será uma transferência de 24 aviões que haviam sido pedidos pela Republic Airways Holdings e que agora serão cancelados. A encomenda da Republic foi feita antes de a empresa aérea entrar com pedido de concordata nos Estados Unidos, em fevereiro.

O novo pedido da United tem previsão de entrega para o ano que vem e, segundo a Embraer, deve se refletir nos resultados da empresa do quarto trimestre deste ano.
O acordo vem em um momento em que a fabricante brasileira anuncia investimentos abaixo do previsto e cortes na força de trabalho.

A empresa teve prejuízo líquido de R$ 111,4 milhões no terceiro trimestre deste ano, queda de 71,3% em relação à perda de R$ 387,7 milhões registrada no mesmo período de 2015.

Veja também

Caixa paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
Auxílio Emergencial

Caixa paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários

Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos
Economia

Confiança da indústria atinge maior nível em nove anos