CEF

Empregados da Caixa aprovam estado de greve e paralisação na próxima terça-feira (27)

Com o estado de greve, os funcionários podem deflagrar greve a qualquer momento

Prédio da Caixa Econômica FederalPrédio da Caixa Econômica Federal - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Os empregados da Caixa Econômica Federal aprovaram, nessa quinta-feira (22), estado de greve. Ainda foi deliberada uma paralisação de 24 horas na próxima terça-feira (27) em todo o País.

Com o estado de greve, os funcionários podem deflagrar greve a qualquer momento.

De acordo com o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, no Estado, 82,73% dos funcionários da Caixa aprovaram a deliberação em assembleia virtual realizada nessa quinta.

"A mobilização tem como objetivo denunciar a venda de fatias do banco 100% público, que acontece com a precificação do IPO da Caixa Seguridade, primeiro passo para a privatização da empresa pública. Além do IPO da Caixa, o governo e o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, atuam para a venda de outras partes do banco - Caixa Cartões, Gestão de Recursos e Loterias", informou o sindicato local.

Na paralisação da terça-feira, haverá reuniões nos locais de trabalho e protesto em agências estratégicas para dialogar com os empregados e a população de um modo geral. 

Veja também

Governo vai gastar R$ 25 milhões com nova estatal NAV Brasil
Brasil

Governo vai gastar R$ 25 milhões com nova estatal NAV Brasil

Do Fusca à Amarok: brasileiros adaptam carros como solução para viajar
VEÍCULOS

Do Fusca à Amarok: brasileiros adaptam carros como solução para viajar