Empregos: negócio gera expectativa

O líder sindical contou que, com a redução do quadro funcional, atualmente são três mil trabalhadores (já foram mais de 10 mil), quem ficou se viu obrigado a acumular funções.

Lula Cabral foi empossado como prefeito do Cabo de Santo Agostinho no domingo (1º)Lula Cabral foi empossado como prefeito do Cabo de Santo Agostinho no domingo (1º) - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

 

Os acordos comerciais recentes do Estaleiro Atlântico Sul também geram expectativas de novas contratações em Suape, uma vez que o EAS demitiu mais de três mil funcionários desde 2014, quando a crise de contratos se agravou. O quantitativo de vagas, contudo, ainda não foi divulgado. “Se tem mais contrato, deveria ter mais emprego. A nossa preocupação é a precarização do trabalho - algo que já está acontecendo no Atlântico Sul”, ponderou o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Pernambuco (Sindmetal-PE), Henrique Gomes.
O líder sindical contou que, com a redução do quadro funcional, atualmente são três mil trabalhadores (já foram mais de 10 mil), quem ficou se viu obrigado a acumular funções. “É uma pessoa fazendo o serviço de quatro”, reclamou. Gomes relatou ainda a recente contratação de 500 terceirizados para desempenhar atividades-fim. “Quando surgem as oportunidades, a empresa quer pagar menos. Se o bolo está crescendo, é preciso repartir”, argumentou, lembrando que a questão dos terceirizados foi levada ao Ministério Público do Trabalho.
Com a crise do estaleiro e da Refinaria Abreu e Lima, o município de Ipojuca, onde o EAS está inserido, foi o campeão do desemprego no Brasil em 2015. Foram encerradas 28 mil vagas em 12 meses, segundo dados do Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego. Desde então, grande parte desses trabalhadores ainda não conseguiu recuperar seus empregos.

 

Veja também

Pix terá serviço de cobrança semelhante a boleto
pix

Pix terá serviço de cobrança semelhante a boleto

Bolsa reage e volta a subir após quatro sessões de queda
BOLSA DE VALORES

Bolsa reage e volta a subir após quatro sessões de queda