Empresa quer que consumidores façam compras a partir da câmera do celular

Plano da companhia é espalhar por terminais de ônibus e estações de metrô painéis com imagens de produtos para serem capturadas pelas câmeras dos clientes

Qualquer usuário poderá realizar consultas na Receita, inserindo número do processo, CPF ou CNPJQualquer usuário poderá realizar consultas na Receita, inserindo número do processo, CPF ou CNPJ - Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

A Onlayers quer que consumidores passem a fazer compras de supermercado tirando fotos com seus celulares. A companhia vem desenvolvendo o aplicativo SupermARket, capaz de reconhecer produtos fotografados, dar informações a respeito deles e vender a partir da internet. O plano da companhia é espalhar por terminais de ônibus e estações de metrô painéis com imagens de produtos para serem capturadas pelas câmeras dos clientes.

Alexandre Boneto, sócio da companhia, diz que esse serviço será usado por quem não tem tempo ou não gosta de ir ao mercado. Também favorecerá compras de impulso. O consumidor, de passagem pela estação, vai ver a imagem, lembrar que falta aquele produto em casa e já fazer a compra, diz. A ideia é atender supermercados de bairro. Os painéis deverão ficar próximos às lojas e destacar produtos que são vendidos com frequência nelas.

Leia também:
Instagram lança recurso para compra de produtos em posts orgânicos
A hora é de focar no e-commerce; você sabe como?


Alexandre conta já ter três redes de supermercado clientes, que participaram do desenvolvimento do serviço. Os primeiros painéis devem ser instalados ainda neste semestre, segundo Alexandre.

   Futuro

A compra a partir de fotos é apenas o primeiro passo para o projeto de Alexandre de fazer as compras serem baseadas em realidade aumentada, ou seja, misturando elementos da realidade com imagens e informações projetadas virtualmente. Ele conta querer usar a tecnologia para criar supermercados em realidade aumentada em locais abertos, em especial parques.

A partir da tela do celular ou de óculos inteligentes, as pessoas verão, sobrepostas ao cenário real, gôndolas de um supermercado no qual poderão fazer suas compras sem precisar de carrinhos nem sacolas. Alexandre diz acreditar que a iniciativa irá atrair clientes tanto pela comodidade como também pelo interesse deles por novidades.

A OnLayer foi criada há um ano e meio, com o objetivo de levar obras de arte digitalmente a partir da tecnologia de realidade aumentada. A companhia cria, por exemplo, exposições que só podem ser vistas pelo celular quando o espectador está em determinado lugar. A empresa vem ampliando os segmentos com os quais trabalha. Hoje, tem projetos em áreas como medicina e educação, além do varejo.

 

Veja também

Emprego na construção é o maior para setembro nos últimos oito anos
Economia

Emprego na construção é o maior para setembro nos últimos oito anos

Plataforma digital vai gerar 1 milhão de oportunidades para jovens
Desemprego

Plataforma digital vai gerar 1 milhão de oportunidades para jovens