Encomendas enviadas pelos Correios poderão ser rastreadas pelo CPF

"Criamos uma ferramenta que irá melhorar a experiência de quem usa os serviços dos Correios", o presidente da empresa, Guilherme Campos

Site dos CorreiosSite dos Correios - Foto: Gustavo Gloria/ Folha de Pernambuco

A partir de quinta-feira (25) usuários de serviços postais dos Correios poderão acompanhar suas encomendas informando apenas os números do CPF ou do CNPJ. A nova funcionalidade dispensa a obrigatoriedade de informar o código do objeto. O serviço será gratuito e o cliente terá acesso a informações de todas as encomendas (cartas e objetos) em que seja remetente ou destinatário.

Leia também
Kassab diz que governo não discute privatização dos Correios
Aumento de despesas e queda de receitas ameaçam sustentabilidade dos Correios


Segundo o presidente dos Correios, Guilherme Campos, a medida atende uma demanda antiga dos usuários. "Criamos uma ferramenta que irá melhorar a experiência de quem usa os serviços dos Correios", disse.

Para realizar a consulta, o usuário deverá informar os números do CPF ou CNPJ do remetente e destinatário no momento da postagem da encomenda. Depois disso, o rastreamento poderá ser feito a qualquer momento no site dos Correios.

Antes de informar o CPF, o usuário deverá inserir um login e senha, criados previamente. Ficarão registradas todas as encomendas associadas ao documento do usuário que acessar o serviço, seja como destinatário ou remetente.

Veja também

Pandemia fecha 39,4% das empresas paralisadas, diz IBGE
Crise

Pandemia fecha 39,4% das empresas paralisadas, diz IBGE

Folha esclarece dúvidas sobre a Previdência; confira
ECONOMIA

Folha esclarece dúvidas sobre a Previdência; confira