Endividados podem quitar dívidas em mutirão online

A ação do Procon Recife ocorre entre os dias 10 e 20 de setembro através da plataforma de resolução de conflitos do consumidor

Plataforma que deve ser utilizada pelos endividadosPlataforma que deve ser utilizada pelos endividados - Foto: Reprodução/Internet

Um mutirão online para renegociação de dívidas realizado pelo Procon Recife começa nesta terça-feira (10). Endividados poderão quitar, até o próximo dia 20, suas dívidas com instituições financeiras, como bancos e administradoras de cartão de crédito.

A ação será exclusivamente pela internet, através da plataforma de solução de conflitos www.consumidor.gov.br. Estarão disponíveis formulação e aceitação de propostas para renegociação de dívidas e de quitação prioritária de qualquer valor que esteja em aberto ou em atraso. Entre as instituições financeiras estão: Banco do Brasil, Banco BMG, Caixa Econômica Federal, Banco Bradesco, Banco Santander, Banco Itaú, entre outras que podem ser consultadas na plataforma.

O consumidor deve verificar se a empresa contra a qual quer reclamar está cadastrada no sistema. Em seguida, deve se cadastrar na plataforma, informando corretamente seus telefones e e-mails de contato, pois estes dados facilitarão o atendimento. Registra sua reclamação na plataforma informando que deseja se habilitar no mutirão e negociar ou quitar sua dívida.

Leia também:
Carteira estudantil digital começará a ser emitida em 90 dias
Com aporte de R$ 900 mil, quatro estações de BRT serão requalificadas
Reunião no Recife discute despejo por obras da Transnordestina 

Após finalizar o registro, a instituição financeira tem o prazo de até dez dias para apresentar uma proposta ou resposta ao consumidor.. Terminado o prazo, o consumidor passa a ter 20 dias para avaliar o retorno dado.

Todos os dados pessoais dos consumidores estarão protegidos, sendo públicas apenas as informações relacionadas ao relato de sua reclamação, a resposta da empresa e o comentário final do consumidor. As informações complementares solicitadas durante a interação entre consumidor ficam visíveis apenas pela empresa reclamada e ao órgão gestor.

Veja também

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 60 milhões
Loteria

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 60 milhões

Violência contra a mulher também é um problema econômico, diz presidente da Avon
Avon

Violência contra a mulher também é problema econômico, diz presidente