Enel ganha concessão da Celg

Celg abastece 2,9 milhões de unidades consumidoras em 237 municípios de Goiás

Assinam transmissão de cargo: Sileno Guedes, secretário de Governo; Luciano Siqueira, vice-prefeito do Recife; Eduardo Marques, prefeito em exercícioAssinam transmissão de cargo: Sileno Guedes, secretário de Governo; Luciano Siqueira, vice-prefeito do Recife; Eduardo Marques, prefeito em exercício - Foto: Divulgação/ CMR

Sem concorrência, a italiana Enel comprou a distribuidora de energia goiana Celg no primeiro leilão de privatização realizado pelo governo Michel Te­mer. A empresa se comprometeu a pagar R$ 2,187 bilhões, ágio de 28% sobre o preço mínimo, de R$ 1,708 bilhão. A Celg abastece 2,9 milhões de unidades consumidoras em 237 municípios de Goiás.

Com a aquisição, o número de clientes da Enel no País passa de 7 milhões para 10 milhões. A companhia já tem a concessão das distribuidoras Ampla e Coelce, que atuam no Rio e no Ceará, respectivamente, além de atividades de geração e transmissão.

Veja também

Ministério do Trabalho abre apuração após casos da Covid-19 em frigoríficos do Mato Grosso
Pandemia

Ministério do Trabalho abre apuração após casos da Covid-19 em frigoríficos do Mato Grosso

Inflação de 2,13% leva a menor aumento do teto de gastos em 2021
Economia

Inflação de 2,13% leva a menor aumento do teto de gastos em 2021