Economia

Enel Green Power anuncia operação comercial do parque eólico Fontes dos Ventos II em Pernambuco

Parque eólico Fonte dos Ventos IIParque eólico Fonte dos Ventos II - Foto: Divulgação

A operação comercial do parque eólico Fontes dos Ventos II, em Tacaratu, no Sertão de Pernambuco, foi anunciada pela Enel Green Power Brasil. O projeto conta com um investimento de aproximadamente R$ 430 milhões e possui 99 MW de capacidade instalada. Segundo a responsável pela Enel, Roberta Bonomi, o novo projeto ilustra a contribuição permanente da Enel para a expansão das fontes renováveis no país.

O Fontes dos Ventos II está instalado na mesma região em que a Enel opera desde 2015, com o primeiro parque híbrido solar e eólico do país, que combina o Fonte dos Ventos I e o Fontes Solar e totalizam 89,9 MW. De acordo com Bonomi: “Foi um projeto que gerou aprendizados importantes para a empresa e para demais agentes do setor”.

Já o Fontes II faz parte de um pacote de novas usinas da Enel. As obras, que foram realizadas durante a pandemia, resultaram em 18 aerogeradores que podem gerar mais de 421 GWh de energia por ano. Isso equivale a evitar a emissão de 230 quilotoneladas de CO2, além de evitar a compra de 97 milhões de metros cúbicos de gás por ano; tudo isso sendo substituído pela energia renovável produzida no país.

“Demonstramos nossa capacidade de realização e de apoio às autoridades locais no enfrentamento da pandemia, na medida em que também contribuímos para a geração de emprego e renda num momento de esforço para a retomada econômica”, comenta Bonomi.

Foram instalados protocolos de segurança rigorosos de acordo com as indicações sanitárias para garantir a segurança dos trabalhadores envolvidos na construção do parque bem como à comunidade onde ele está instalado. A Enel também implementou algumas ações em prol da sustentabilidade, como oferecer assessoria técnica rural a cerca de 60 agricultores, oficinas com técnica de agroecologia para famílias e estimulá-las a praticar agricultura familiar.

A energia que o Fonte dos Ventos II produzir será fornecida ao mercado livre para venda aos clientes comerciais através da Enel Trading, comercializadora do Grupo Enel no Brasil. Com a sua presença no setor elétrico, a busca de empresas por energia limpa e certificada é parte da estratégia de venda.

Em julho de 2021, a Enel estabeleceu uma parceria com as Lojas Renner para suprir, com energia produzida no novo parque, a demanda de energia de 170 lojas e de um centro de distribuição da empresa durante 15 anos. A parceria também contempla acesso a certificados internacionais de energia renovável (I-REC’s) que declaram a origem da energia prevista no acordo e ajudam a dar transparência e confiabilidade na contabilidade de carbono.

Na parceria, está previsto o volume máximo total em 11,3 megawatts médios (MWm), equivalente a 100 GWh/ano. Com ela, será possível a redução de cerca de 40% no custo final da energia, além de evitar a emissão de aproximadamente 6,2 mil toneladas de carbono (CO2e) por ano. A Enel Green Power é líder mundial em energia limpa e está presente em todo o globo. No Brasil, o Grupo Enel tem uma capacidade instalada de mais de 4,7 GW, sendo mais de 2,1 GW de fonte eólica, cerca de 1,2 GW de solar e cerca de 1,3 GW de hidro

Veja também

PT diz que Campos Neto usa BC como 'bunker para sabotagem econômica' do País
crítica

PT diz que Campos Neto usa BC como 'bunker para sabotagem econômica' do País

Mega-sena 2.751 acumula de novo e prêmio vai para R$ 61 milhões; confira números sorteados
loterias

Mega-sena 2.751 acumula de novo e prêmio vai para R$ 61 milhões; confira números sorteados

Newsletter