Epic Games processa testador do Fortnite que deu spoiler sobre novo capítulo do jogo

O processo contra Ronald Skies vai correr no estado da Carolina do Norte, nos Estados Unidos

Fortnite, jogo da Epic GamesFortnite, jogo da Epic Games - Foto: Epic Games/Divulgação

A empresa Epic Games está processando Ronald Skies, testador de jogos, por ter revelado detalhes do próximo capítulo do Fortnite antes de seu lançamento, segundo informou o site Polygon. O processo vai correr no estado da Carolina do Norte, nos Estados Unidos.

No mês passado, o jogo Fortnite ficou fora do ar por dois dias, e a Epic disse que o "jogo teria sido engolido por um buraco negro". A brincadeira foi só uma jogada de marketing para que o jogo voltasse à internet com um novo mapa e outras mudanças bastante significativas.

Segundo a empresa, Skies, conhecido na internet pelo perfil @invisiblellama9 usou o fato de ter conhecido esses detalhes antes e os vazou na internet. "Ele fez isso às custas da Epic e daqueles da comunidade Fortnite que aguardavam ansiosamente a nova temporada do jogo que tinham surpresas planejadas pela empresa", escreveram os advogados.

O testador experimentou o novo conteúdo de Fornite no fim de setembro e, três dias depois, ele tuitou "joguei S11 e pode te contar algumas coisas". Mais tarde, ele publicou uma outra mensagens dizendo que no Fortnite Capítulo 2, os jogadores poderiam nadar e, depois, ainda divulgou outros detalhes, incluindo o novo mapa do jogo.

Leia também:
Capítulo 2 do Fortnite é lançado
Adolescentes ganham Mundial de Fortnite e ficam milionários
Com premiação de R$ 113 mi, finais da Copa do Mundo de Fortnite começam nesta sexta

A Epic pede danos pela quebra de contrato e por apropriação indébita de Syke dos segredos comerciais da empresa. O réu não respondeu ao site que publicou a notícia em primeira mão. 

Veja também

Estudo do BC mostra que população usou auxílio emergencial para consumo
pesquisa

Estudo do BC mostra que população usou auxílio emergencial para consumo

Pedidos de seguro-desemprego caem 9,3% na primeira metade de setembro
trabalho

Pedidos de seguro-desemprego caem 9,3% na primeira metade de setembro